Capa da Publicação

Guardiões da Galáxia – James Gunn explica easter-egg no museu do Colecionador!

Por Gus Fiaux

Atenção: Alerta de Spoilers!

Quando Guardiões da Galáxia foi lançado em 2014, muitos fãs ficaram bem curiosos com uma cena em particular, que mostrava o casulo de Adam Warlock entre os pertences do museu do Colecionador em Luganenhum. Contudo, isso logo entrou em choque com o que o diretor James Gunn estabeleceu na continuação, já que o herói messiânico não seria criado até a cena pós-créditos do Vol. 2.

Porém, em uma nova postagem em seu Twitter, Gunn tentou esclarecer o assunto e explicar aos fãs a diferença entre o casulo encontrado no Vol. 1 e o outro visto ao final do Vol. 2. Segundo ele, “O casulo encontrado no primeiro Guardiões da Galáxia (e na Disneyland) é uma versão primitiva dos casulos dos Soberanos, quando eles chocaram sua espécie pela primeira vez.”

Se você não se lembra, os Soberanos são uma espécie quase-perfeita, de pele dourada, que fez sua estreia em Guardiões da Galáxia Vol. 2, liderados por Ayesha. Durante o filme, há uma breve explicação de que esses personagens são produzidos em casulos, o que os torna mais suscetíveis à mudanças e alterações genéticas antes do nascimento, para que possam ser seres sem falhas.

Contudo, ao final do filme, desejando vingança contra os Guardiões da Galáxia, Ayesha cria uma nova versão de Soberano, para que possa ser o homem perfeito e destruir a equipe de uma vez por todas. Ela apresenta um novo casulo, mais robusto, e diz que sua criação irá se chamar Adam.

Na galeria, fique com artes conceituais do novo filme da série dos heróis espaciais:

Guardiões da Galáxia Vol. 2 chega em DVD e Blu-Ray em agosto.

Fonte: James Gunn (Twitter)

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux