Capa da Publicação

Dragon Ball Super: Ep. 99 – O terror da eliminação!

Por Márcio Jangarélli

A ficha caiu para todos os Deuses da Destruição agora – inclusive para os que não estão envolvidos no Torneio. No último episódio, vimos o Universo 9 ser apagado como se não fosse nada pelos Zen-Oh’s e os Guerreiros tiveram que tirar um tempo para digerir a ação.

Como o Vegeta apontou, essa é a segunda vez que eles veem um Universo ser eliminado dessa forma. O 7 já foi apagado uma vez, só que no futuro, quando o Zamasu enlouqueceu e começou tomar conta de tudo. Ver a ação dos Zen-Oh’s parece ter feito todos, incluindo o Goku, terem uma ideia mais concreta do peso dessa competição.

Além desse entendimento, o episódio em si não ofereceu grandes novidades, só algumas coisas interessantes. Por exemplo, o Freeza, em mais um momento icônico, desprezando os Reis do Multiverso, dizendo que ainda vai superar o poder deles. Sendo bem sincero, atualmente os Zen-Oh’s são mais assustadores que o Imperador Maligno.

Também, o Vegeta OBVIAMENTE quer uma revanche contra o Hit, mas antes vai ter que passar novamente pelo Magetta e pelo Botamo. Sendo sincero, não é a melhor ideia do mundo o Champa ficar mandando esses caras atrás do Príncipe Saiyajin. Se ele ficar p#to, os dois vão pra fora da Arena em meio segundo.

Vemos também o time do Gohan se preparando para lutar sério e o rapaz dando uma pequena exibição do quão forte está, parando tranquilinho um ataque direcionado para o Kuririn.

Mas o foco do episódio mesmo ficou com o Kuririn. Prometeram uma explosão de poder do rapaz, rumores diziam coisas bem bacanas sobre o destino dele, sua eliminação seria honrada… e, de tudo isso, pelo menos ele lutou até que bem antes de ser derrubado da Arena. Não foi dessa vez que o Kuririn serviu para muita coisa.

Não sejamos injustos também: ele eliminou alguns guerreiros do 4 e do 10que está ficando cada vez mais claro que serão os próximos a dar tchau – e salvou a 18, que está enferrujadarisos – de batalhas e, mesmo sendo muito poderosa, precisa prestar mais atenção. O ataque em conjunto do casal, aquele vôlei de energia, foi bem legal, mas, no fim, um Freeza derrotou o carequinha de novo.

O triste é que nem deu tempo do Kuririn ver o que estava acontecendo, ele só levou uma rabada do Frost e fim de jogo. Conhecendo a 18, ela não deve deixar isso passar em branco, então aguardemos uma vingança.

Outras coisas que precisam de atenção: muita gente comentou sobre o Mojito não gostar do Universo 9, por isso o sorriso quando a dimensão foi apagada. Isso é real, sim. Porém já é óbvio, seja pela reação dele, da Vados, do Whis ou a expressão maliciosa do Daishinkan, que os Anjos estão com algo obscuro rolando.

Vale nota também que o único Deus da Destruição que não ficou chocado com a eliminação do 9 foi o Vermout, do 11. Enquanto até os Deuses do 1, 12, 5 e 8 se mostraram impactados, o palhaço manteve seu sorriso – ou seja, ele conhece muito bem suas chances.

Um papo show agora: no próximo sábado, chegamos ao centésimo episódio de Super e teremos sim um evento especial no anime! No vídeo promocional, vimos que o capítulo contará com duelos entre os Saiyajins do 7 e do 6 e com a Kale finalmente liberando seu modo Berserker na Arena. Alguns spoilers da aventura já saíram e vou adiantar pra vocês: será SENSACIONAL.

Curtiram o episódio? Kuririn rendeu mais ou menos do que o esperado no Torneio? Ansiosos para o centésimo capítulo? Não esqueça de comentar!

Você pode assistir os novos episódios de Dragon Ball Super todos os sábados, pela Crunchyroll. Não perca nossa review semanal todas as segundas, aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.