Capa da Publicação

Dragon Ball Super: Ep. 97 – Senhoras e senhores, o Torneio de Poder começou!

Por Márcio Jangarélli

Os Zen-Oh’s representam bem a minha reação durante esse episódio: grito e brilho no olho pra todo canto. Mas antes de falar do Torneio em si, vamos nos atentar a algumas coisinhas.

Uma das falas do Daishinkan é curiosa e pode levar para algum plot twist no futuro: o sistema do Torneio é um tipo de “Battle Royale”, 80 lutadoresna verdade, 78 ao que parece8 equipes, o último que sobrar, ganha. Porém, não adianta apenas derrubar o guerreiro dentro da arena E é proibido matar. A regra coloca que os lutadores precisam ser jogados daquele pião gigante para contar a desclassificação. Mesmo que alguém seja derrotado, enquanto não for pra fora da arena, ainda conta na equipe. É bom mantermos isso em mente.

Outras coisas menores: a abertura foi modificada e o Boo, que estava até a semana passada, foi substituído pelo Freeza. Então, sim,  esse foi o anime tomando consciência do tanto de spoilers que solta nas openings e usando isso em seu favor, enganando os fãs. Estão de parabéns pela iniciativa.

No entanto, é possível que a abertura tenha SIM dado pistas de algo importante que está para acontecer. Em certo momento, vemos o Goku envolto apenas em um ki vermelho e, no meio disso, o rosto dele aparece de relance, mostrando que ele não está na forma Super Saiyajin tradicional ou Azul.

Nessa semana, um pôster promocional do novo arco foi revelado, mostrando o protagonista de costas, com um cabelo diferente, ainda preto, sugerindo uma nova transformação. Tudo indica que logo veremos o Goku avançar mais um pouco em seus poderes – e vou chutar que o Vegeta deve ter alguma carta escondida também (o príncipe Saiyajin nunca deixaria o Goku sair na frente dessa forma novamente).

Beleza, com tudo isso dito, coloca essa versão da abertura atual do anime em português – um fanmade sensacional – pra tocar e vamos embarcar nessa aventura:

Agora vamos ao que interessa. Zen-Oh’s deram seu ok, o Daishinkan anunciou e o Torneio começou. De cara, é uma explosão atrás da outra e vamos acompanhando vários lados da batalha. Como tínhamos visto, o Universo 3 tem algumas estratégias para tentar eliminar lutadores sem muito esforço, mas logo a primeira foi parada magistralmente pelo Hit e pelo Basil. Detalhe: o robô continua na arena.

Falando no Basil, o Lobo do 9 ganhou bastante destaque no capítulo. Ele foi o primeiro a eliminar um lutador: a Lilibeu, do 10. Mesmo podendo voar – e com poderes muito legais – a moça se perdeu na vida e caiu, reaparecendo na plateia, ao lado do Rummshi, para assistir o resto do Torneio.

Pelo lado do 7, era óbvio que pelo menos os 5 lutadores mais sangue no olho não iam respeitar o plano de ataque conjunto, então Goku, Vegeta, Freeza, 17 e 18 já partiram para a diversão. Uma coisa bacana é que a 18 já está enfrentando uma lutadora da Tropa do Orgulho do 11, que deve ser o time mais poderoso do Torneio.

Os outros 5 são encurralados por guerreiros principalmente do 9 e do 4, que estão com ranço do 7 e querem eliminar o Universo Z a todo custo. É hora desse pessoal mostrar a que veio.

Como era de se esperar também, logo o Goku baixou a guarda e quase foi arrastado para fora da arena por um dos capangas do Quitela. Como o próprio Kame nota, um lutador se jogar apenas para levar um competidor rival consigo é uma boa estratégia para eliminar inimigos fortes demais. Mais uma coisa pra ficar atento.

Goku quer porque quer lutar contra o Toppo e o Jiren e, na real, isso está na cara de que não vai acabar bem. O Cinzento é tão poderoso que nem se movimentou ainda e conseguiu afastar ameaças só com o olhar. Tá bem difícil de segurar a ansiedade para ver o guerreiro em ação.

Com o lutador do Universo 4 fora, vimos algo interessante. Os Zen-Oh’s estão marcando os candidatos que caem no seu GODPAD – depois do Kamitube e os Kamitubers, agora o Godpad – e a câmera mostra toda a formação da equipe 4, que realmente só possui 8 lutadores. Existem dois espaços vazios ali e uma teoria que surgiu por aí é que podem ter duas fusões no time, o que parece possível, já que o Quitela é cheio das artimanhas.

No fim, o Goku é cercado de inimigos principalmente do 9 e, no próximo capítulo, devemos ter muito mais porradaria!

Algo para notar no vídeo promocional: o Goku usará uma aura diferente para lutar, brilhante, que não se parece com nenhum poder que ele mostrou até então. Também, temos ele e o Vegeta já na primeira forma Super Saiyajin e o Kaioh do 9 sofrendo um pouquinho. Observando os lutadores até agora, minha aposta é que 10, 9 e 3 sejam os primeiros a cair. Concordam? Discordam? Deixem aí nos comentários!

Mas o maior plot twist vem agora: o Torneio de Poder tem duração de 48 minutos e, no fim do capítulo, somos informados que só se passou 1 minuto durante o episódio. Não sei se estamos bem ou mal, já que os 5 minutos de Namekusei demoraram 20 capítulos, mas vamos seguindo.

Veja nossa galeria com imagens de Dragon Ball Super:

Você pode assistir os novos episódios de Dragon Ball Super todos os sábados, pela Crunchyroll. Não perca nossa review semanal todas as segundas, aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.