Capa da Publicação

Dragon Ball Super: Ep. 113 – A melhor luta entre saiyajins desde Goku vs Vegeta; Goku vs Caulifla!

Por Márcio Jangarélli

Desde que Dragon Ball Z introduziu o Vegeta, todas as vezes que o Príncipe Saiyajin e o Kakarotto acabavam em um duelo, ganhávamos episódios épicos. Simplesmente porque, depois do surgimento do conceito dos saiyajins, a animação ficou marcada pelas transformações absurdas, os poderes aumentando cada vez mais, berros e mais berros e explosões de ki por todo canto; quando são dois saiyajins lutando, a batalha tem tudo isso em dobro.

Agora, com novos membros da raça vindos do Universo 6, essa dinâmica mudou um pouco e ficou ainda mais interessante. Temos guerreiros treinados, mais poderosos que vários personagens clássicos, mas que não conheciam todo seu potencial e, com a ajuda de Goku e Vegeta, estão se tornando monstruosos no meio do Torneio de Poder. Não dependemos mais apenas da dupla do 7 lutar entre si para criar batalhas saiyajins épicas, a trama tem o poder de rotacionar agora.

Nessa semana, seguindo a eliminação do Kyabe, a Caulifla resolveu que chegou a hora dela cobrar o Goku da transformação em Super Saiyajin 3 que ele havia mencionado alguns episódios atrás. Ele ficou interessado na ideia e assim surge uma das melhores batalhas de Super: a condição para atingir o 3 é que ela o derrote.

Tem uma pegadinha aí, no entanto, que a conversa na arquibancada do 7 deixou implícita: o Goku está cansado, mas ele também está tentando entender como funciona o Ultra Instinct, para sua revanche contra o Jiren. Essa luta com a Caulifla é um aprendizado para a moça e para ele próprio.

A batalha entre os dois é pra lá de sensacional. Como dizem no próprio anime, por mais que a Caulifla seja extremamente poderosa, o Goku ainda é um mestre das artes marciais e é isso que ele quer passar para ela: como dominar aquele poder. Assim, pelo cansaço e pelo crescimento da oponente, ele repete o mesmo sistema que usou contra o Jiren. Foi fantástico, arrisco dizer que uma das melhores lutas de Dragon Ball como um todo.

Uma crítica que sempre vem quando a Caulifla surge é sobre a rapidez da transformação dela e a resposta é sempre a mesma – que, inclusive, citaram até no episódio: a transformação em si é algo que é desbloqueado no guerreiro. Isso não significa que ele não era poderoso antes. O Kyabe, por exemplo, era um guerreiro de alto nível saiyajin, ou o Champa nunca teria colocado ele no time do primeiro Torneio. A Caulifla é recomendada pelo Renso, seu irmão, também um soldado de alto escalão, dita como mais forte que ele próprio. A Kale é protegida da Caulifla, então é de se imaginar que elas treinam juntas há tempos. Os três são mais fortes do que o Goku e o Vegeta eram quando atingiram suas primeiras transformações.

Com isso dito, o Goku chama a Kale para entrar na luta, para a moça desenvolver seus poderes também. Só nisso já fica clara a intenção dele de treinamento no duelo, onde ninguém está tentando eliminar ninguém mesmo. E aí, claro, vem a transformação que estávamos esperando: para todos nós com saudades, o glorioso Super Saiyajin 3. E capricharam na animação e na ilustração, hein? A cara da Caulifla e da Kale reflete bem a reação da maioria dos fãs de quando viu o Goku SSJ3 pela primeira vez. Foi rapidinho, mas foi a cereja do bolo no episódio.

Agora, para a semana que vem… FU… SÃO! Abram alas, porque a Kafla está chegando! Na preview do novo episódio, tivemos a primeira imagem da fusão da Caulifla com a Kale, que pegou muita gente de surpresa quando os rumores saíram. Uma coisa interessante é que ela já havia aparecido escondidinha na abertura, igual o Damon do Universo 4, e a fusão será feita com um brinco Potara. Como o brinco vai chegar lá, só os Zen-Oh’s sabem.

E vocês, galera, o que acharam do episódio? Ansiosos para a semana que vem? Não esqueçam de comentar!

Confira nossa galeria com imagens de Dragon Ball Super:

Você pode assistir os novos episódios de Dragon Ball Super todos os sábados, pela Crunchyroll. Não perca nossa review semanal todas as segundas, aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.