Capa da Publicação

Death Note – Diretor volta a rebater críticas sobre o elenco do filme não ser asiático!

Por Cristiano Rantin

Enquanto nos aproximamos da estréia do novo filme em live-action de Death Note a polêmica envolvendo o elenco do filme continua. Pela internet muitas pessoas tem criticado tanto a Netflix como o diretor do filme, Adam Wingard, por colocar personagens de outras etnias para interpretar personagens originalmente asiáticos.

Wingard foi ao seu Twitter para falar sobre essa questão, ressaltando que o filme se passará em Seattle e nao em Tóquio, sendo assim uma nova versão da história com o protagonista vivido por Nat Wolff definitivamente não sendo japonês.

Quando criticado por apagar elementos japoneses dos filmes, o diretor respondeu: “Não existe uma conspiração para remover elementos da cultura japonesa de Death Note. É uma nova versão da história que se passa em Seattle. Assistam ‘Os Infiltrados’.”


Como era de se esperar, depois dessa declaração o diretor passou a ser tanto criticado por alguns usuários do Twitter quanto defendido. O diretor continuou participando da discussão e respondendo algumas questões que surgiam.

@_Malevolentmal disse que Os Infiltrados era um péssimo filme e questionou se japoneses não viviam em Seattle, ao ponto que Wingard replicou: “Não é esse o ponto. É um remake de ‘Conflitos Internos’ que se passa em Boston. Eles vivem, mas também existe gente branca, negra, hispânica etc.”

 

Depois disso outros usuários relembraram que uma versão em live-action de Death Note com um elenco asiático já aconteceu, sendo lançada em 2006 tanto nos Estados Unidos quanto no Reino Unido.

Já era de se esperar que o filme recebesse críticas nesse assunto, especialmente quando é algo tão “fresco” no mercado cinematográfico. A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell e Punho de Ferro são alguns dos projetos que receberam uma enxurrada de críticas por colocar atores brancos em papéis que deveriam ser interpretado por asiáticos.

Confira abaixo a nossa galeria sobre o filme:

Death Note estreou na Netflix dia 25 de agosto de 2017.

Fonte: Screenrant

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Mestrando em Comunicação Social pela UEL • Bruxo • Twitter: @ChrisRantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"