Capa da Publicação

Boruto: Ep. 30 – Provando que a Sarada carrega melhor o anime que o próprio protagonista!

Por Márcio Jangarélli

A situação de Boruto no momento é bem peculiar: os melhores episódios do anime não foram protagonizados pelo filho do Hokage, mas pela Sarada, uma personagem que, diga-se de passagem, contaria uma história muito mais envolvente na liderança. Desde que ganhou sua própria saga, com a “Primavera Escarlate”, a kunoichi tem cada dia mais roubado os holofotes da série.

Seguindo os eventos da semana passada, o embate entre os autointituladosNovos Sete Espadachins da Névoa” – e vamos frisar esse autointitulados, porque essas crianças passam longe do grupo verdadeiro – e o time composto simplesmente pelo Boruto, o Mizukage e a Sarada. Enquanto o Boruto ficou perdido, no melhor estilo Naruto de ser, tentando convencer o Kagura a seguir o caminho certo que tudo vai ficar bem, a ação dos outros dois compensou MUITO o que foi montado.

Primeiro, pela parte do Chojuro, era óbvio que o Mizukage não seria derrubado por crianças – e que faria o máximo possível para não machucá-las muito também. Como ele próprio diz, uma espada é tão boa quanto quem a empunha, então não adianta muito um bando de genins brincarem com Kubikiribōchō ou com a Nuibari, porque não vai adiantar de nada.

A sequência da batalha do Chojuro foi incrível porque mostrou o abismo de distância entre as habilidades de um verdadeiro Espadachim da Névoa e esses rebeldes, além de ser a vez em que o rapaz se mostrou mais confiante e maduro desde Naruto, explicando o porquê dele ter se tornado Mizukage. Lutar e vencer com uma espada partida foi a cereja do bolo. Em Naruto, ele era todo inseguro e não rendeu as melhores cenas. Essa foi uma boa coisa para se tirar de Boruto.

Já em outro canto, a Sarada provou mais uma vez como traz os melhores episódios do anime. O lance com a kunoichi é que, diferente do Boruto, que estão transformando em um Naruto 2.0, a Sarada não é exatamente algo novo, mas traz coisas de Naruto que não foram tão bem exploradas assim, então existe esse sentimento de novidade.

Mesmo que tenhamos visto o Sasuke desenvolver seu sharingan, com a Sarada a habilidade tem uma carga diferente e pode ser levada de uma maneira distinta. Ainda, ela possui justificativas plausíveis para já entender um pouco mais sobre o sharingan e jutsus – a menina é um prodígio e extremamente dedicada – enquanto é difícil engolir o Boruto usando duas naturezas de chakra do nada.

No subterrâneo, ela lutou contra a Buntan, que estava portando a Kiba, as espadas do trovão. Uma coisa interessante é que a Buntan revela que é filha do Raiga, o antigo dono dessas espadas, que teria sido morto pelo Naruto. Isso é, em partes, real (ele se suicida, na verdade), mas aconteceu em um arco filler da série original de Naruto. No entanto, o Raiga sai do anime e vai parar no mangá, então não dá para saber exatamente o quanto é filler e o quanto é cânone aí. Para Boruto, tudo é cânone.

Toda a batalha é empolgante, explorando as várias facetas do sharingan. Inclusive, a luta lembra um pouquinho o embate do Kakashi contra o Zabuza. A Sarada precisa vencer a névoa para analisar a oponente, copia seus jutsus e, a melhor parte, prende a Buntan em um genjutsu; Foi uma luta raiz usando Sharingan, sem nenhum dos floreios que surgiram depois. Rendeu até uma decapitação! Palmas pra Sarada, que fez esse arco valer à pena só por esse duelo.

Com a ajuda do Iwabe, todos os ninjas foram derrotados e agora só restam Kagura e Shizuma, os únicos que realmente devem trazer alguma ameaça real para a coisa toda. Além disso, o Mitsuki está chegando no memorial, trazendo informações sobre o Shizuma que devem influenciar na batalha.

Sendo sincero, a única coisa que pode trazer um problema ali é se a Samehada for real – algo que ainda tenho dúvidas – e o rapaz conseguir se fundir a ela igual o Kisame. Sem isso, só muito Talk no Jutsu chegando, afinal de contas, o Mitsuki é um monstro e o Mizukage está lá.

Mas e vocês, o que acharam do episódio? Petição para mudar o nome do anime para Sarada: Naruto’s Next Generation? Não esqueçam de comentar!

Confira nossa galeria com imagens de Boruto:

Você pode assistir Boruto: Naruto Next Generations, todas as quartas-feiras, pela Crunchyroll. E não percam nossa review semanal do anime, todas as sextas, aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.