Capa da Publicação

Boruto: Ep. 13 – A Noite em que Konoha Foi Atacada Pela Besta!

Por Márcio Jangarélli

Agora eu botei fé nesse anime! Até o episódio 10, a evolução de Boruto estava lenta demais e um tanto confusa, mas foi tudo por um bem maior. Um plot muito maior estava em desenvolvimento no fundo da trama e, depois de muita especulação, descobrimos que o primeiro inimigo da saga, além de estar embaixo dos nossos narizes o tempo todo, é realmente um fruto dos experimentos do Danzö.

Como sugerimos desde o episódio 11, sim, a Sumire é a responsável pelo chakra maligno e o Nue e isso faz toda a diferença! No início, a personagem parecia só um erro de cálculo no anime, mais uma kunoichi estereotipada; agora que revelou suas verdadeiras cores, a série se mostrou bem mais inteligente do que parecia.

Resumindo a história, Kakei Sumire é filha de um antigo aliado do Danzö, Shigaraki Tanuki, o responsável pelas experiências com as células do Primeiro Hokage. Depois da queda da Fundação e da Quarta Guerra, Shigaraki foi descoberto e transferiu todo seu trabalho macabro para sua filha.

Ele estava experimentando em uma arma poderosa, capaz de aniquilar Konoha toda em um único ataque: o Gozo Tennou. Mais especificamente, essa arma é o Nue, aquele monstro quimera que falamos sobre alguns capítulos atrás, que foi selado na Sumire e, com a quantidade de chakra certa, se transforma em uma bomba gigantesca.

Esse é um caso BEM parecido com a história do Toneri em “The Last”, que interpretou errado as intenções dos seus ancestrais. Tudo o que o Danzö fez em vida foi tentar proteger a Vila, mesmo que das maneiras mais grotescas possíveis. Então, quando você tem o Tanuki e a Sumire tentando destruir Konoha em nome do Danzö, é apenas uma ironia triste.

Voltando para o episódio, conhecemos a verdadeira personalidade da Sumire e ela é bem inteligente, habilidosa e, mais que tudo, não é nada parecida com a personagem que vinha demonstrando ser. Ela percebe que foi descoberta e, quando está sendo caçada pelo Sai, libera o Nue ainda incompleto e foge.

O lance é que o Nue é problemático para ser derrotado. Ele absorve chakra, então o Naruto não pode enfrentá-lo com força total ou vai acabar fazendo exatamente o que a menina quer. Assim, essa é a maior ameaça que Konoha enfrentou desde as épocas do Pain visto que o Toneri ia destruir o mundo todo, né.

Com algo desse tamanho, não é surpresa quando vemos o Kakashi surgindo. Já estávamos com saudades. O Sexto Hokage aparece para ajudar o Naruto a lidar com o caso, que pode gerar uma guerra civil dentro de Konoha se não contido da forma certa. Como eles mesmos colocam, se fossem atrás de todos os ex-membros da Fundação, a Vila seria mergulhada em caos novamente.

Em outro ponto, vemos o Mitsuki revelando suas intenções para o Boruto. Ele analisa o protagonista como um exemplo e isso é muito legal. Ainda, confirmamos que, como desconfiamos, ele está sempre em contato com o Orochimaru e ainda segue ordens do pai. Porém, com a missão de matar a Sumire, vemos que o Sennin das Cobras não está mais interessado em destruir a Vila MESMO. Como na maioria dos episódios, o Mitsuki e seu confronto com o Boruto e com a Sumire foi uma das melhores coisas.

Falando nisso, enfim chegou a hora da verdade: Boruto encontra a ex-Representante lutando contra o Mitsuki e ela confirma suas intenções de destruir a vila. Quando está para explodir o Nue, no entanto, o olho direito do protagonista desperta, em uma sequência bem curiosa, e transporta ele, a Sumire e o Nue para um outro lugar. Isso deve descartar a ideia de que o Döjutsu é um Tenseigan, mas agora estamos mais perdidos que nunca.

Capítulo mais que excelente, lotado de tensão e emoção. Para semana que vem, o Boruto deve confrontar a Sumire no lugar onde eles foram parar, enquanto o Mitsuki chega lá de alguma forma. Mal posso esperar!

E aí, o que acharam do episódio? Gostaram do plot twist da Sumire? Não esqueçam de comentar!

Confira nossa galeria com imagens de Boruto:

Você pode assistir Boruto: Naruto Next Generations, todas as quartas-feiras, pela Crunchyroll. E não percam nossa review semanal do anime, todas as sextas, aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.