Capa da Publicação

Boruto: Ep. 12 – Prenúncio de um grande desastre em Konoha!

Por Márcio Jangarélli

Agora que a trama começou correr, Boruto está mais interessante que nunca! Mesmo que o capítulo 12 não tenha tanta ação, ele construiu a tensão para o grande evento da próxima quarta: o Nue será libertado e, novamente, Konoha será atacada por um demônio de caudas – ou algo parecido.

O 12 é focado no Mitsuki e sua relação com o Boruto, descartando as possibilidades do rapaz estar envolvido nos ataques do chakra maligno na primeira cena. Essa aventura confirma que o lance do Mitsuki é que ele ainda está confuso sobre como deve se portar em “sociedade”.

Ao longo do capítulo, vemos o que parece ser a criação do ninja – que, como adiantei alguns episódios atrás, ele não é exatamente “filho” do Orochimaru – e temos um pequeno vislumbre do Sennin das cobras em algumas cenas.

De primeira, parece que o Mitsuki seria mostrado apenas como um experimento, mas, no fim, vimos que ele foi criado para “fazer o que seu pai não conseguiu fazer” – seja destruir Konoha ou ajudar a Vila. Mais interessante é ver que o Orochimaru demonstrou carinho pelo menino, uma mudança BEM considerável para o personagem.

Outra coisa legal no episódio é a participação do Konohamaru, falando todo orgulhoso de sua relação com Naruto e Boruto, e a Moegi, que ganhou um corte de cabelo bem mais legal agora adulta e parece que virou uma boa kunoichi.

Sobre a história em si, como desconfiamos, a Sumire está sim envolvida com o Nue e a nova divisão da Raiz. Temos um encontro entre ela e o Mitsuki, estranho, tenso, que deve ter sido apenas para confirmar que ela era a mascarada ou que estava envolvida. É só lembrar que o Mitsuki conhece Senjutsu e pode captar sentimentos.

Uma cena interessante é o pequeno flashback tenso do passado da Sumire com aquela mulher. Não dá para afirmar que aquela é a mãe dela e a lembrança não é fofa ou triste – é um tanto bizarrinha. Tem algo muito estranho acontecendo com a menina, que descobriremos na semana que vem.

Também foi legal ver toda a dinâmica entre Naruto, Boruto e Mitsuki no capítulo. Eu não consigo imaginar que tipo de história o Orochimaru contou do Naruto para o Mitsuki, mas fica claro o interesse do menino no Hokage. E o Naruto parece saber ou desconfiar da procedência do jovem ninja, quando ele pede para o Mitsuki “cuidar do Boruto”. Pode ter sido apenas na inocência, mas ele é o Nanadaime, um mestre em Senjutsu e deve sim saber quem esse garoto é.

No fim, é triste, mas bonito ver a confissão do Boruto. Ele é questionado, um pouco antes, se ele ama o pai. Seguindo os eventos, o protagonista confessa que odeia o Hokage. Mas que fique claro: ele não odeia o Naruto. Na verdade, como o Mitsuki mesmo aponta, ele ama o pai mais que tudo. Porém, para o Boruto, existe o Naruto pai, que fora divertido e dedicado em uma época, e o Naruto Hokage, ausente. Ele odeia o Hokage, não o Naruto.

E, na semana que vem, a Vila da Folha será atacada pelo Nue. A sinopse do episódio já havia entregado a libertação do monstro, então isso, em si, não é novidade. Surpresa mesmo é o tamanho da criatura – que, pelo vídeo promocional, lembrou o Kyuubi.

Todos os mistérios envolvendo a Sumire, o Nue e a nova Raiz devem ser revelados na próxima quarta, então fiquem ligados.

O que acharam do episódio? Ansiosos pela chegada do Nue? Quem é a Sumire? Não esqueça de comentar!

Confira nossa galeria com imagens de Boruto:

Você pode assistir Boruto: Naruto Next Generations, todas as quartas-feiras, pela Crunchyroll. E não percam nossa review semanal do anime, todas as sextas, aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.