Capa da Publicação

Boruto: Ep. 09 – Princesa Byakugan e uma referência nostálgica!

Por Márcio Jangarélli

Parece que Boruto engatou de vez em sua primeira grande história! Muita gente estava reclamando que o anime é lento demaise é mesmo – mas agora a trama se desenrolou de vez para o descobrimento do Doujutsu especial do protagonista, algo que qualquer fã quer assistir de camarote.

O lance desse capítulo é simples: na semana passada, o Boruto afirmou para sua família que havia despertado o Byakugan, então seu avô, Hiashi, o chama para um duelo, quando os olhos Hyüga podem despertar mais facilmente em uma batalha. No entanto, como é uma ótima tia, a Hanabi tirou seu pai de campo e resolveu ela mesma testar o sobrinho, afinal de contas, o Hiashi não tem o melhor dos passados com esse caso.

A Hanabi é uma das coisas mais legais desse episódio e eu realmente espero que ela seja mais influente na história. Diferente de ser uma personagem dispensável em Naruto, em Boruto ela é a tia mais legal do mundo do protagonista e pode muito bem ser sua guia no caminho do Doujutsu.

Mas se você esperava que ela ia pegar leve só pelo Boruto ser família, bom, surpresa. O duelo entre os dois é MUITO bacana por mostrar que a Hanabi evoluiu pra caramba em seu caminho de uma das “Princesas Byakugan”; ela está confiante, dominando os olhos e as habilidades de luta de seu clã.

Do lado do Boruto, novamente ele se mostra bem mais calculista que seu pai em batalhas, usando kage bunshin’s e ataques bem pensados. Mais ainda: o estilo de luta do menino tem um pouco do Punho Gentil dos Hyüga.

Não foi dessa vez que o rapaz conseguiu mostrar seu olho especial, mas toda a família acredita nele por conta do quão sério ele levou a batalha com a Hinabi. É interessante também que eles voltam falar sobre o Byakugan da Himawari. Talvez a menina tenha um belo caminho ninja à frente.

Na segunda parte do episódio, quem surge é a Sarada e finalmente – finalmente mesmo – temos um pouco de ação da moça e dinâmica de equipe entre ela e o Boruto.

Trazendo de volta a trama do herói favorito do Boruto do último capítulo, descobrimos que a franquia será cancelada – triste – porque o ator dos filmes ficou fora de forma e estava cheio de problemas. Acontece que isso foi uma decorrência do chakra maligno que vem possuindo o pessoal de Konoha, então somos levados a uma batalha entre o protagonista, Sarada e a estrela de cinema.

O importante dessa luta não é o inimigo, mas todas as referências. Primeiro, temos a Sarada colaborando com o Boruto e, por mais que tenha aparecido em alguns episódios, essa foi a vez em que ela teve mais personalidade, atitude. No pouquinho que aparece, a kunoichi mostra mais carisma e identidade do que apresentou na temporada toda até agora. E os dois formam um bom time.

Ainda que ela chame o Boruto de idiota, nesse duelo ela e o rapaz ficaram muito mais em sintonia do que Naruto e Sasuke em suas primeiras batalhas. O protagonista é mais estrategista que seu pai em lutas, assim os dois se equilibram; dá pra ver que ela é mais intelectual e ele mais pancadaria, mas não existe um abismo no meio.

Para os fãs de longa data do mundo shinobi, o melhor momento do episódio deve ter vindo dessa luta, quando a Sarada atira a shuriken gigante, que na verdade é o Boruto e um kage bunshin usando henge no jutsu. Essa é uma referência inteligentíssima vinda direto do episódio 9 de Naruto, quando o Sasuke e o Naruto usam a mesma técnica contra o Zabuza.

Outra coisa que vale notar é que o Boruto finaliza a batalha usando o Punho Gentil, então devemos ver mais do estilo em breve.

Tudo que queremos, agora, é que Borutinho aumente o ritmo, porque a história tem todo potencial para ser ótima!

Confira nossa galeria com imagens de Boruto:

Você pode assistir Boruto: Naruto Next Generations, todas as quartas-feiras, pela Crunchyroll. E não percam nossa review semanal do anime, todas as sextas, aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.