Capa da Publicação

Bohemian Rhapsody – Bryan Singer, o diretor do filme, é demitido após problemas nos bastidores!

Por Lucas Rafael

Após a notícia de que a produção do filme havia sido pausada pela “ausência” do diretor Bryan Singer no set, o estúdio da FOX soltou a declaração de que “Bryan Singer não é mais o diretor de Bohemian Rhapsody.”

A decisão foi tomada após um “comportamento não profissional” por parte de Singer. O diretor do filme havia se ausentado durante diversos dias de gravação, o que havia desanimado muitos membros da equipe, incluindo o ator Tom Hollander, que interpreta Jim Beach, o empresário dos Queen. Hollander abandonou a produção devido ao comportamento de Singer, sendo persuadido em retornar depois.

O ator Rami Malek (Mr. Robot), que interpreta Freddie Mercury, chegou a reclamar para o estúdio sobre o comportamento de Singer não aparecer no set. Segundo o HollywoodReporter, o diretor havia sido alertado pela CEO da FOX Film, Stacey Snider junto da presidente de produções do estúdio, Emma Watts, de que comportamento não profissional de sua parte não seria tolerado.

A tensão crescente nos bastidores resultou em um confronto entre Malek e Singer, que não se tornou físico, mas acabou com o diretor atirando um objeto. Mais pra frente, ambos teriam resolvido suas diferenças e voltado para as gravações.

Então, após o feriado de Ação de Graças, Bryan Singer não voltou ao set de filmagens, com Newton Sigel assumindo as produções durante alguns dias. A ausência prolongada do diretor foi a gota d’água para o estúdio, fazendo com que ele fosse demitido da produção. De acordo com uma fonte do HollywoodReporter, Singer alegou estar sofrendo de estresse pós-traumático devido às tensões do set. O estúdio deverá nomear o novo diretor em breve. O que você acha dessa situação?

Confira abaixo algumas fotos da produção:

Via: HollywoodReporter

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Entusiasta de coisas demais