Capa da Publicação

Attack on Titan – Autor dá dica sobre possível final do mangá e da história!

Por Felipe Vinha

O mangá de Attack on Titan, recentemente, completou seu capítulo de número 100, com pelo menos 24 volumes encadernados. A série também obteve sucesso em anime, com a terceira temporada garantida para 2018 e com arte de pôster divulgada. Mas será que, após tanto tempo, ainda vamos demorar para ver o final da saga em alguma mídia?

O autor Hajime Isayama escreveu um post em seu blog para comemorar o final de ano, falar sobre seus filmes favoritos de 2017 e também comentar sobre os 100 capítulos de Attack on Titan, além da previsão para o final do mangá.

“Obrigado a todos, Attack on Titan chegou em seu capítulo 100 neste ano. Muito obrigado por ler até agora! Desejo que você possa acompanhar o mangá até o final de sua história, o que ocorrerá assim que possível”, escreveu Isayama. “Eu sei que há a impressão de que o mangá se encaminha para o fim mas, para mim, não acho que este seja o caso. Se você me perguntar se é verdade, eu prefiro dizer que ‘se estender muito a história, não seria muito ruim para o senso de completude?’. Tenho medo que isso possa acontecer”, complementou o autor.

Ainda em seu post, Isayama diz também que prefere manter Attack on Titan o mais curto o possível. Contudo, ele comenta que, em alguns casos, suas melhores intenções nem sempre são alcançadas, já que implementar suas novas ideias à história pode estender o mangá muito mais do que o previsto.

Ou seja, falou, falou, e não disse nada. Será que Attack on Titan vai terminar antes dos 30 volumes ou teremos mais um mangá no estilo Naruto e One Piece, com dezenas de edições, pela frente?

Veja artes do mangá e do game Attack on Titan 2, em nossa galeria:

A terceira temporada do anime deve estrear em abril de 2018.

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha