Capa da Publicação

The Walking Dead – Produtor fala das diferenças entre a série e a HQ!

Por Gus Fiaux

Quando perguntado sobre como a série se inspira pelas HQs de Robert Kirkman e como cria conteúdo próprio, Scott falou: “Eu já disse, é um remix. Isso é algo que provamos quando começamos a série e o Robert Kirkman e eu estávamos conversando, e eu era roteirista e produtor. Eu estava sempre querendo deixar mais próximos das HQs o possível, e Robert queria modificar para dar aos leitores uma nova experiência. E durante os anos, eu integrei isso ao meu pensamento, desde que preenchamos o conceito da HQ. Estamos procurando causar as mesmas emoções e fazer interpretações diretas de algumas cenas – mesmo que num contexto completamente diferente – mas ainda assim criando nossa própria história. Foi o que fiz durante todos esses anos e o final da sexta temporada também está bem de acordo com isso.

Toda vez que uma mudança é feita, os fãs não perdem tempo em falar nas redes sociais. Gimple não vê isso como um problema, e acha bem interessante toda a participação dos fãs: “A coisa que eu acho mais maravilhosa sobre entretenimento massivo é a possibilidade de termos estranhos capazes de falar – ter algo em comum e que todos gostam, mesmo que eles nunca tenham se encontrado antes. E é bem gratificante para mim ver as histórias de pessoas pensando, falando e teorizando. Acho que esse aspecto é maravilhoso. Claro, não queremos deixar ninguém com raiva. Mas iremos tomar riscos pela audiência. Tudo isso é pelo público.

The Walking Dead retorna no dia 23 de outubro, na AMC.

Fonte: Heroic Hollywood

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux