Capa da Publicação

Produtor fala sobre as dificuldades de unir os filmes e séries do Universo Marvel!

·
Por Gus Fiaux

Posso dizer que parte do desafio nesse tipo de coisa está na forma como os filmes são planejados anos à frente do que nós fazemos na televisão,” explicou Loeb. “Na televisão, tudo é produzido de uma forma muito rápida. A outra parte do problema é que quando você para e pensa, nós gravamos uma série e isso leva um período de seis a oito meses. Como conseguirei levar Mike [Colter] para um filme? Eu preciso dele para gravar uma série!

Porém, Jeph não desencoraja os fãs a terem esperanças sobre um futuro encontro: “Tudo é possível. Vocês sempre lembram que eu digo que tudo está conectado, e nossa ideia de conectividade não é se alguém vai ou não aparecer no filme ou série de alguém. É conectado pela forma como eles se passam no mesmo lugar, onde são reais.

Por fim, Loeb disse que um crossover precisa de uma boa história para acontecer: “Já vimos alguns personagens que já participaram de crossovers. Podemos notar uma das nossas colegas de trabalho, que não está aqui porque está trabalhando, Rosario Dawson, que ainda está no papel de Claire Temple. A resposta curta é: nós já estamos fazendo crossovers. A resposta longa é que, conforme o tempo vai evoluindo, e a história aumentando, acrescentamos alguns grandes easter-eggs, mas não queremos viver dependendo de easter-eggs. Precisa estar relacionado à história.

Enquanto isso, as séries da Marvel continuam a chegar. A próxima a ser lançada é a quarta temporada de Agents of S.H.I.E.L.D.que começa a ser exibida em setembro.

Fonte: Comic Book Movie

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux