Capa da Publicação

Pokémon – Roteirista chefe do anime original queria que a história tivesse um final triste!

Por Leo Gravena

Shudo morreu em 2010, porém, ele tinha um blog em japonês que alguns fãs vem traduzindo recentemente. Em um post feito um ano antes de sua morte, o escritor falou sobre como queria terminar o anime com Ash como um senhor idoso, revelando que suas aventuras Pokémon foram apenas uma parte de sua imaginação. “Meses e anos tendo se passado, Satoshi (o nome de Ash no anime japonês), que se tornou um homem velho, repentinamente de lembra de seus antigos dias. […] É uma memória embelezada de sua infância. Uma fantasia… As criaturas imaginárias, Pokémon, e suas aventuras. Amizade, Coexistência. É isso. [Acabaria] No mundo real humano, com algo que Satoshi não poderia encontrar. Contudo, em algum lugar de sua infância, Pikachu e os outros pokémon certamente estão lá. Musashi (Jessie) e Kojiro (James) estão lá, Mewtwo está lá…”

Aparentemente, a aventura final mostraria um Ash idoso se imaginando saindo em uma aventura Pokémon final, de alto-descoberta e co-existência.

Mesmo esse final parecendo meio triste, deveria ser notado que Shudo tinha algumas outras ideias “estranhas” para a franquia Pokémon. Em outro post de seu blog, ele revelou que ele fez a proposta de um quarto filme da franquia Pokémon no qual Pikachu se tornaria um revolucionário e lideraria os Pokémon a saírem de  seu cativeiro e terminava com o Ash e o Pikachu brigando. Claramente, a ideia não foi aprovada e, muito provavelmente, quando a franquia pokémon chegar ao fim, ela não será triste como a ideia proposta por Shudo.

Atualmente, Pokémon Sun & Moon já está sendo exibido no japão.

Fonte: CB

 

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."