Homem-Aranha – Chefão da Marvel fala detalhadamente sobre os direitos do herói e Tom Holland!

Capa da Publicação

Homem-Aranha – Chefão da Marvel fala detalhadamente sobre os direitos do herói e Tom Holland!

Por Gus Fiaux

Ao Deadline, Feige revelou detalhadamente o processo de negociações com a Sony para adquirir os direitos compartilhados do Homem-Aranha: “Começou com um almoço entre eu e Amy Pascal, e várias reuniões e ligações subsequentes onde eu sugeria que eles devessem nos deixar produzir o filme criativamente para eles. Não sei o quão sério os prazos chegaram a ser. Em alguns personagens, isso chega a ser o caso, mas no Homem-Aranha, havia tantos anos entre os filmes que eu não sei te dizer se era o caso.

Eles tinham todo o tempo do mundo para continuar a fazer esses filmes, então se tornou uma questão de… nós não éramos bons ajudantes. Não funciona quando você pode apenas dar alguma opinião sobre um roteiro ou em alguma exibição. Dei essa ajuda nos filmes da franquia Espetacular, e é muito difícil quando você é apenas uma voz entre tantas outras.

Eu disse que a melhor maneira de ajudar era nos deixar fazer por eles. Continua na Sony, e a Sony paga e recebe os lucros do filme, e faz a divulgação e distribuição completa do filme. Esse acordo foi aceito após vários debates e reuniões. Com sorte, já se faz um ano desde que isso aconteceu e nosso primeiro passo de dois nesse novo projeto acabou de ser lançado nos cinemas. Em vez de ser apenas o terceiro reboot do personagem, é a primeira versão inserida com sucesso no MCU. E para dar crédito à Amy Pascal e Tom Rothman, que agora comanda a Sony, isso não seria possível sem o apoio deles.

Depois que o acordo foi feito, a próxima decisão era escolher um Homem-Aranha, e Feige disse que: “Esse foi o maior desafio. Nossa ideia era escolher um ator bem mais jovem porque, nos nossos quadrinhos favoritos, o personagem era bem mais jovem. Ele não está se graduando, e sim começando o colegial. Ele é jovem, e isso é o que o torna interessante como super-herói, especialmente no MCU. É o que o torna diferente dos outros heróis. Queríamos torná-lo um espetacular contraponto para os outros Vingadores, e esse é o motivo pelo qual ele foi tão popular nos quadrinhos na década de 60.

Sua presença em Guerra Civil era para ser o contraponto. Os outros heróis tem bastante história juntos. Eles possuem vários problemas e questões geopolíticas que estão enfrentando, e é denso. Essa criança acha que tirou a sorte grande. O homem mais famoso do mundo o pede para ir para a Alemanha e se juntar aos Vingadores, e ele ama cada segundo disso. Isso é divertido. Isso é o Homem-Aranha e faremos muito mais disso no filme solo. Nos quadrinhos, ele fala constantemente. Em Guerra Civil, ele enfrenta o Falcão, que diz o seguinte: ‘Não sei se você já esteve em uma luta antes, mas não falamos tanto.‘ Esse é o Homem-Aranha para nós. É o que amamos. Tom Holland, que deus o abençoe, é daquele jeito na vida real. Este jovem ator britânico que foi trazido aqui, foi para o processo de seleção e acabou em uma sala, fazendo uma cena com Robert Downey Jr. Juro que a mesma dinâmica que queríamos entre o Homem-Aranha e Tony ele teve com Robert.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar estreia em 7 de julho de 2017.

Fonte: Comic Book Movie

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux