Capa da Publicação

Guerra Infinita – Diretor fala sobre a equipe e o conflito do filme!

Por Gus Fiaux

Segundo Anthony, as consequências de Guerra Civil serão fundamentais para sedimentar a base da Guerra Infinita, principalmente no que diz respeito às divisões de equipes:

Há um jargão sobre roteiros que diz ‘se escreva em algum canto.‘ Meu irmão e eu sempre adoramos isso. Foi uma das nossas coisas favoritas de Guerra Civil – que é acabar em um caminho difícil onde não conseguimos imaginar onde Tony Stark e Steve Rogers, e suas equipes após as consequências da divisão irão parar. Sob a perspectiva do roteiro, é um local difícil e sim, é a condição do mundo após a Guerra Civil. Isso dá a base para o início de Guerra Infinita – é um mundo dividido.

Além disso, o diretor se parafraseou novamente ao falar do papel do conflito no Universo Marvel, como uma grande culminação e catarse de tudo estabelecido até então:

Sem ser muito específico nas surpresas que os filmes trarão, nós achamos que esses dois próximos filmes dos Vingadores são uma culminação de tudo que já aconteceu no Universo Cinematográfico da Marvel. Em alguns aspectos, é o fim de algumas coisas e o início de outras. E há uma grande catarse sobre como é o MCU e como ele foi formado.

Vingadores: Guerra Infinita estreia no dia 3 de maio de 2018.

Fonte: Heroic Hollywood

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux