Capa da Publicação

Guerra Civil II – Capitão América se envolve em nova polêmica!

Por Leo Gravena

Atenção: Alerta de Spoilers!

Meses atrás, os fãs leram a história onde Bruce Banner morreu pelas mãos do Gavião Arqueiro. Porém, como todas as coisas que ocorrem nos quadrinhos, não foi apenas isso. Na nova edição da revista “Steve Rogers: Capitão América” novos detalhes foram revelados.

Muitos se perguntavam porque Steve Rogers não estava tendo tanto destaque na Guerra Civil II, porém, na quinta edição de sua revista, é revelado que Rogers estava ocupado durante esse tempo. Antes da história começar, ele estava planejando acabar com todos os seus colegas Vingadores em uma festa, porém, foi prevenido por causa de Ulysses, o inumano que pode ver o futuro. Assim, ele decidiu matar o inumano antes que ele descobrisse seus planos.

Antes dos eventos de Guerra Civil II #02, o Capitão iria fechar essa “ponta solta” antes de Tony Stark o interromper. Após não conseguir matá-lo, Rogers e Selvig descobriram como manipular as visões de Ulysses, aparentemente, as visões do jovem priorizam as maiores catástrofes primeiro.

Banner recebe uma informação experimentais de um doador anonimo, que poderia ajudar a curá-lo do Hulk, ou pelo menos é o que ele acredita ser. Isso envolve o uso de Radiação Gamma e foi enviado a ele por Rogers. É nisso o que ele estava trabalhando quando a Capitã Marvel e os Vingadores  o encontraram e isso fez com que as peças se encaixassem e ele fosse morto pelo Gavião-Arqueiro.

Nessa edição temos grandes revelações sobre a Guerra Civil II, já que ela revela que as visões de Ulysses podem estar erradas e podem ser manipuladas por interferências externas. Também é válido lembrar que o Capitão América ainda está junto da Hydra, saiba mais sobre essa história aqui.

Guerra Civil II ainda está sendo publicada nas bancas americanas.

 

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."