Capa da Publicação

Guerra Civil – Diretor e atriz explicam os poderes da Feiticeira Escarlate!

Por Márcio Jangarélli

Nós encontramos a Feiticeira Escarlate sem uma casa, sem família e ela acaba criando laços com os Vingadores e tomando a decisão de fazer parte do grupo”, disse Elizabeth Olsen, que interpreta a Wanda nos cinemas. “Eu acho que isso tem muito a ver com o personagem do Jeremy (o Gavião) – como a atitude que ele tem com ela ou discurso que ele deu, no final do filme. Então, nós retomamos do ponto onde ela começou uma nova vida, mas ainda está tentando descobrir o que suas habilidades são e se elas podem trazer um bem comum ou uma grande destruição”.

Guerra Civil está armando o palco para Guerra Infinita em vários pontos, como o grande elenco e a direção dos irmãos Russo. No entanto, o longa ainda vai apresentar um tom consistente com Soldado Invernal, quando, no fim, faz parte da franquia Capitão América. Por essa razão, podemos esperar sim um desenvolvimento da personagem, porém, não tão grande, quando o foco do filme ainda será Steve Rogers. O desenvolvimento massivo dos outros membros da equipe pode acontecer em participações nos filmes futuros do Universo Marvel, como aconteceu com a Viúva Negra, além da grande explosão que será Guerra Infinita.

Nós gostamos de personagens que tem limitações para seus poderes, para que tudo o que eles façam tenha um custo”, disse Joe Russo. “Wanda não pode voar, ela pode usar seu poder para se jogar em grandes distâncias e, então, ela vai ter que voltar para o chão. Mas ela tem que parar a si  mesma antes de pousar e não é uma versão muito graciosa de voo. Ela usa seu poder para criar energia e se elevar e para voltar para o chão, mas ela ainda está sujeita à gravidade”.

Capitão América: Guerra Civil chega aos cinemas em 28 de abril.

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.