Capa da Publicação

Deadpool – Diretor de Guardiões da Galáxia elogia o longa!

Por Márcio Jangarélli

Enquanto Deadpool continua escalando com suas bilheterias, ganhando amor das audiências e das críticas, alguns estão falhando em ver as verdadeiras razões para seu sucesso. Às vezes, o público realmente gosta de assistir algo novo, mesmo que seja simplesmente um novo respiro, único, dentro de um gênero que já existe.

O diretor de Guardiões da Galáxia, James Gunn, conhece uma coisa ou outra sobre originalidade e sucesso. Então, quando o diretor se depara com algumas críticas não tão boas relacionadas ao seu trabalho, ele, em grande parte, tem suas razões para sempre partir para a ofensiva.

Confira o post do diretor e sua tradução abaixo:

“The film has a self-deprecating tone that’s riotous. It’s never been done before. It’s poking fun at Marvel. That label…

Publicado por James Gunn em Segunda, 15 de fevereiro de 2016

“‘O filme tem um tom auto-depreciativo que é ultrajante (no bom sentido). Nunca foi feito algo assim ante. Está brincando com a Marvel. Essas empresas se levam tão a sério, você consegue imaginar eles fazendo brincadeiras consigo mesmo em um filme? Eles prefeririam se matar’.

Essa é uma citação da Deadline Hollywood, atribuído como a opinião de Hollywood. Eu amo a Deadline e consegui vários dos meus trabalhos em filmes por eles. E eu amo Deadpool ainda mais – o filme é hilário, tem muito coração, é exatamente o que nós precisávamos agora, arriscar um pouco na criação de um filme – mas POR FAVOR NÉ. Isso não significa que vai reescrever a história dos filmes. Essa citação tem que ter sido escrita pelo executivo mais burro na história de Hollywood.

Vamos ignorar a existência de Guardiões por um instante, um filme que sobrevive de, momento a momento, se engrandecer e se derrubar – Deus sabe que eu sou tendencioso para falar dele. Mas o que vocês pensam que Favreau e Downey Jr fizeram em Homem de Ferro? E o Homem-Formiga?

Poxa, Deadline

E cada vez que um filme quebra recordes, as pessoas aqui em Hollywood amam ficar criando razões definitivas do porquê de tal filme ter feito sucesso. Eu vi acontecer com Guardiões. Era “não teve medo de ser divertido” ou era “foi colorido e divertido”, etc etc etc. E a próxima coisa que você escuta é sobre 100 outros projetos sendo vistos “como Guardiões”, e eu começo ver dúzias de trailers exatamente como o trailer de Guardiões, com uma grande música pop de fundo e algumas tiradas. Eca.

Eca. Eca. Eca. Eca. Eca.

Deadpool não foi isso. Deadpool foi seu próprio filme. É POR ISSO que as pessoas estão gostando. É original, é muito bom, foi feito com amor pela equipe, e não teve medo de se arriscar.

Para a experiência teatral sobreviver, filmes-espetáculos precisam expandir as definições do que eles próprios podem ser. Eles precisam ser únicos e ter as vozes verdadeiras dos criadores por detrás deles. Eles não podem apenas ser cópias do que veio antes.

Então, nos próximos meses, se você prestar atenção para as pegadinhas, você verá Hollywood confundindo a lição que eles deveriam ter aprendido com Deadpool. Eles terão filmes menores “como Deadpool” – mas, por isso, eles não serão chamados de “bons e originais”, mas “um filme de super-herói engraçado”, ou “quebra a quarta parede”. Eles irão tratar você como se você fosse estúpido, o que Deadpool não faz.

Mas, talvez, no meio de tudo isso, terá um estúdio ou dois que vão tirar a verdadeira lição disso – como a Fox fez com Guardiões, abrindo as portas para Deadpool – e dizer – “Cara, talvez nós podemos dar a eles algo que não tenham visto ainda”.

E esses são os que terão sucesso.

Tenham um bom dia

Gunn tem a mesma opinião que muitos fãs nesse assunto, que viram em Guardiões um novo ar dentro da franquia Marvel e agora estão sentindo a mesma coisa com Deadpool. Sim, Guardiões e Deadpool são filmes completamente diferentes. Eles não tem quase nada em comum além do fato dos dois pertencerem à Marvel Comics, mas os filmes da Disney e da Fox têm tons, construções e plots diferentes de qualquer outro filme de super-herói antes deles. Talvez esse seja o porquê do grande sucesso de Guardiões da Galáxia, que culminou em uma aguardada sequência, e de como Deadpool conseguiu ultrapassar os 150 milhões nas bilheterias em seus 4 primeiros dias.

Deadpool já está em cartaz nos cinemas. Já Guardiões da Galáxia Vol. 2 tem previsão de estreia para maio de 2017.

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.