Capa da Publicação

Apartamento de Heath Ledger era um santuário do Coringa!

Por Gus Fiaux

De acordo com um artigo publicado pela Page Six, uma fonte que teve informações sobre a morte de Heath Ledger em 2008, quando o cadáver do ator foi encontrado em seu apartamento, ele estava cercado por objetos, livros e quadrinhos sobre o Coringa.

Não era surpresa para ninguém que o ator se inseriu em uma puxada disciplina para adentrar no papel do personagem, chegando a se isolar e passar dias trancado, praticando sua voz e maneirismos típicos do grande vilão do Batman.

Ele estava estudando as origens dos palhaços e os Coringas anteriores, como Jack Nicholson e Cesar Romero, que foi o primeiro Coringa na televisão. Ele queria que seu papel fosse diferente dos outros, e estava até praticando para que sua voz fosse diferente,” diz o artigo.

Porém, toda a parafernália relacionada ao vilão não estava simplesmente jogada em sua casa. Segundo as fontes, o ator era tão perfeccionista que tudo era separado de acordo com sua finalidade: quadrinhos, objetos de estudo e até mesmo estátuas: “Tudo era muito arrumado. Ele se importava muito com isso.

Mais importante que qualquer material relacionado ao personagem, o ator carregava consigo um pequeno diário usado para tomar anotações sobre o vilão, buscando inspirações no Coringa dos quadrinhos e em outros vilões, como Alex DeLarge de Laranja Mecânica. 

Heath Ledger foi encontrado inconsciente em seu apartamento no dia 22 de janeiro de 2008, por uma camareira. Poucos minutos depois, após a emergência ser contatada, o ator teve parada respiratória e faleceu. No laudo oficial, a causa da morte foi registrada como overdose de medicamentos. Ainda assim, o ator trouxe, antes de sua morte, uma de suas atuações mais profundas e complexas, como o Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas, o que lhe rendeu um Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante.

Confira também:

Fonte: Comic Book

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux