Capa da Publicação

Vingadores: Era de Ultron – Saiba o que são as Águas da Visão!

Por Leo Gravena

Obviamente, há spoilers de Vingadores: Era de Ultron

Enquanto os outros Vingadores essencialmente tem ilusões de seus maiores medos, Thor tem visões que parecem ser de elementos futuros do Universo Marvel. Com o próximo filme de Thor ganhando o subtítulo de “Ragnarok”, os fãs puderam vez um pouco do que pode estar vindo para Asgard. Junto de Heimdall culpando Thor pelos eventos, que trazem maldição e trevas para todos os envolvidos.

A visão sumiu rapidamente, e Thor se separou do grupo para buscas as “Águas da Visão”, que parecem ser uma caverna que permitem que ele tenha a mesma visão novamente, porém com maior claridade. No fim, acabou sendo a solução para ajudar os Vingadores a derrotar Ultron, quando ele sai das águas e faz com que o Visão acorde.

Mas… O que são as “Águas da Visão?”

Mesmo com grandes pesquisas, ninguém conseguiu achar algo semelhante nas histórias do Thor nos quadrinhos.

Porém, elas parecem ser a versão do Universo Cinematográfico da Marvel do “Poço de Wyrd” ou “Poço de Urðr”, um elemento utilizado em “Thor Anual” #11, o poço permitia que os Argardianos visualizassem o tempo e espaço, revelando segredos ou mostrando o futuro.

Além disso, há um equivalente real na mitologia nórdica. Urðarbrunnr é um dos três poços existentes nas raízes de Yggdrasil que levam a três terras distantes. Os outros dois são Hvergelmir, uma raiz próxima de Niflheim, e Mímisbrunnr, localizada abaixo de Jötnar.

O local é muito sagrado, e todos os deuses viajam a Bifrost para encontrarem-se lá a cada manhã. Em versões futuras, o poço passou a ser associado com Cristo.

Nele, vemos o que parece ser uma pequena imagem do futuro do Universo Marvel, incluindo uma grande festa em Asgard, com uma citação a Hel. Realmente parece que Urðarbrunnr, caso seja o que é nos contos, deu a todos uma pequena imagem do que ocorrerá no Ragnarok.

Confira a galeria de imagens em HD do filme:

Fonte: CB
Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."