Capa da Publicação

Quarteto Fantástico – Divulgado o desastroso papel da Fox no fracasso do filme!

Por Leo Gravena

Desde sua estreia, o Entertainment Weekly vem investigando o que ocorreu para que o reboot de Quarteto Fantástico tenha dado tão errado – principalmente a relação de Josh Trank e a 20th Century Fox, assim, novos detalhes chocantes foram descobertos.

Fontes confiáveis disseram para a revista que Trank foi levado a um ponto de ruptura psicológica logo no inicio da produção, o que pode explicar seu comportamento no set – descrito como hostil e combativo. Aparentemente, eles “atrasaram a escolha do elenco e aprovação de roteiros, cortaram o orçamento em dez milhões do que havia sido originalmente prometido e tentaram forçar mudanças de ultima hora quando as filmagens principais já estavam sendo filmadas.”

Sem dúvidas esse tipo de pressão não é algo fácil para boa parte de diretores experientes e deve ser ainda pior para um novato em blockbusters como Trank. Uma batalha que o diretor conseguiu vencer foi ter tido o elenco que ele queria; a Fox estava procurando por atores mais famosos.

Além disso, parece que o estúdio estava “tendo dificuldades em aprovar um roteiro final, isso atrasou a produção do filme, que tentava construir os sets, fazer os uniformes, suporte e preparo para o filme. Isso criou confusão e estresse desde o começo, que acabava aumentando entre os executivos de diferentes departamentos que tentavam encaixar um filme que estava, ainda, sendo criado.”

Quanto mais ouvimos sobre Quarteto Fantástico, mais claro se torna o fato de que houveram grandes erros em ambos os lados. Quem é realmente responsável pela ruína do reboot é uma questão que acaba indo da perspectiva dos fãs, mas é uma história complicada que podemos nunca ouvir por completo.

Para você, em quem cai a culpa do fracasso do reboot de Quarteto Fantástico?

Não esqueça de conferir a lista de easter eggs e referências do filme:

Fonte: CBM

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."