Capa da Publicação

Diretor fala sobre o grande momento de Kylo Ren em Star Wars Episódio VII!

Por Felipe de Lima

SOILERS, obviamente.

 

Em Star Wars: O Despertar da Força, nós dissemos adeus a um dos personagens mais emblemáticos e amados da história do cinema quando Han Solo foi morto por seu próprio filho, Kylo “Ben Solo” Ren.

Foi um momento devastador para os fãs de Star Wars, mas o diretor J.J. Abrams disse que sentiu que isso tinha que acontecer para a evolução do personagem. “Star Wars teve o maior vilão da história do cinema”. Disse Abrams. “Então, trazer um novo vilão para esse mundo é uma coisa muito complicada. Nós sabíamos que precisávamos fazer algo terrível”.

De acordo com o diretor, “A única razão pela qual Kylo Ren tem esperanças de ser um sucessor digno [para Darth Vader] é a perda de um dos personagens mais queridos. Muito antes de nós termos este título, a ideia de O Despertar da Força era de que seria sobre a evolução não apenas do herói, mas também do vilão – e não um vilão pronto, mas alguém que está evoluindo.” O diretor ainda falou sobre a luta diária em ser um pai e as dificuldades de cuidar de um filho, afirmando que o reflexo disso no filme é uma “versão insanamente extrapolada” do que acontece quando as coisas dão errado.

Em seguida, Abrams falou sobre a emoção do momento derradeiro de Han Solo. “Ver esses dois atores, eles não estavam nervosos durante a cena. Eles estavam fazendo isso de uma maneira que, francamente, era perturbadora.” disse o diretor à EW.“Ver Harrison se aproximar e tocar Adam. Eu sei que isso soa estúpido, mas ao ver aquilo, eu literalmente esqueci – Eu esqueci que ele não era seu filho. Ele fez isso muito bem”.

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe de Lima

Pelo poder da verdade, eu, enquanto vivo, conquistei o universo. Me segue no twitter @tearsgodown