Capa da Publicação

Diretor de Guardiões da Galáxia manda recado para os haters!

Por Marie Bakhuizen

“Não achei a piada do Jack Black sobre super heróis ofensiva, você achou? Foi, tipo, uma piada. Não sei se vocês perceberam, mas o roteiro do Oscar não parecia ter sido bem pensado.

Quanto ao Dan Gilroy ter dito que o público do Independent Spirit Awards sobreviveu a um “tsunami de filmes de super heróis” – bom parece meio estranho vindo de um cara cuja esposa atuou em dois filmes do Thor – sério, isso faz parecer que você se afogou terrivelmente num tsunami. Mas eu sei que simplesmente inventam coisas na hora durante essas premiações, então vou lhe dar um desconto.

Seja qual for o caso, a verdade é, popularidade em qualquer meio tem sempre sido esnobado pela elite auto-denominada. Já ganhei mais prêmios do que poderia esperar com Guardiões. O que me incomoda um pouco é que muitas pessoas chegam a conclusão de que só porque você faz filmes grandes você coloca menos amor, cuidado e criatividade do que pessoas que fazem filmes independentes ou fazem o que são considerados filmes sérios de Hollywood.

Já fiz filmes B, filmes independentes, filmes de criança, filmes de terror e espetáculos gigantes. Acredito que há várias pessoas por toda parte fazendo filmes por dinheiro ou para alimentar sua própria vaidade. E há também as pessoas que fazem porque amam contar histórias, amam cinema, e querem devolver ao mundo um pouco da mesma magia que eles pegaram do trabalho de outros. Sinceramente, não encontro uma porcentagem significativa entre aqueles com integridade e aqueles sem em qualquer destes campos do cinema.

guaxininho

Se você acha que pessoas que fazem filmes de super heróis são burras, saia e diga que somos burros. Mas se você, como um cineasta independente ou um cineasta “sério”, acha que coloca mais amor em seus personagens do que os Irmãos Russo em Capitão América, ou Joss Whedon no Hulk, ou eu num guaxinim que fala, você está simplesmente errado.”

Agora que os filmes de super heróis alcançaram um nível cinematográfico de alta qualidade, não só nos efeitos especiais, mas também nas histórias, no roteiro, os haters parecem mais estar invejando do que argumentando.

Antes, o desespero das produtoras em monetizar em cima de personagens de HQ’s levou ao lançamento de filmes muito fracos que não impressionaram fãs e espectadores em geral. Mas essa nova leva veio para contestar isso, refletindo a complexidade dos personagens originais. O sucesso é tanto que Marvel e DC já estão com novos filmes alinhados para os próximos anos!

Fonte: CBM

Imagem de perfil
sobre o autor Marie Bakhuizen

Jornalista, correspondente internacional da Legião dos Heróis!