Capa da Publicação

Aaron Taylor-Johnson fala sobre seu contrato com a Marvel!

Por Gus Fiaux

Inicialmente, o jornalista perguntou se ele já sabia de início que o seu personagem poderia não sobreviver até o fim do filme. Aaron respondeu: “O roteiro veio depois. Primeiro tive uma reunião com Joss, e foi um ano antes de eu ter assinado o contrato, então foi realmente cedo para se ter essa discussão e ela foi mantida em segredo. E toda a intenção dele era levar esse personagem nessa direção, de modo que ele pudesse se sacrificar por alguém.” Ainda assim, Aaron disse que gravou uma cena alternativa onde o Mercúrio continuaria vivo, mas que foi uma cena feita com o intuito de despistar membros da equipe e curiosos.

E então, veio à pergunta que não quer calar: teria Aaron assinado contrato para apenas um filme? “Isso tornaria oficial, não? Eu não posso… Não posso discutir sobre isso.” O jornalista então perguntou para a assistente do ator se isso era verdade e ela respondeu: “Ele não pode falar sobre isso.”. O que isso quer dizer?

Sobre trabalhar com Joss Whedon, um diretor conhecido pelo improviso, Aaron disse: “Os roteiros mudavam constantemente, e para separar, eles usavam cores. Então ao abrir o roteiro, parecia que estávamos abrindo um arco-íris. E era tão legal que eu me acostumava com isso. Eu recebia novas cenas na manhã das filmagens e dizia: ‘okay, claro.’. E eu confio em Joss e nos caras da Marvel. E você supera esses obstáculos porque sabe que eles te dão cobertura. E Joss é um gênio.”.

Sobre cenas deletadas: “A maioria das cenas excluídas são bem curtas. Eu me lembro de algumas sequências de luta que tivemos e tem essa cena em que Thor joga Ultron em um tanque e ele explode, e a explosão é tão grande que o Thor é quase incendiado e o Mercúrio corre ao redor dele para apagar o fogo ou protegê-lo.”.

Por fim, Aaron falou sobre a continuação de Godzilla: “A Legendary é um ótimo estúdio e ela liga pra parte criativa, de modo que espera os diretores poderem voltar. É o caso de Círculo de Fogo. Garreth [diretor do primeiro Godzilla] estará fazendo um Star Wars, então eles irão esperar e adiar um pouco o filme.”

Não esqueça de conferir os visuais não utilizados no filme:

Vingadores: Era de Ultron está em exibição nos cinemas atualmente, e está perto de passar um bilhão nas bilheterias.

Fonte: Collider

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux