Capa da Publicação

Criadores de A Lenda de Korra falam sobre polêmicas do final da série!

Por Gus Fiaux

DiMartino e Konietzko confirmaram que a cena final da série A Lenda de Korra é o início de um relacionamento romântico entre Korra e Asami, o que gerou polêmica e transformou Korra em uma das raras protagonistas LGBT de um programa livre para todos os públicos.

Confira abaixo os posts. O primeiro tem autoria de DiMartino e é chamado “Korrasami Confirmado”:

Nossa intenção com a última cena era de clarear o máximo possível que sim, Korra e Asami tem sentimentos românticos entre si. O momento em que elas adentram o portal espiritual simboliza a evolução de amigas para casal. Muitos sites de notícias, blogs e fãs viram isso e não acharam ambíguo. Para a maioria, a cena foi compreensível e não era necessário um comentário extra meu ou de Bryan. Mas no caso das pessoas ainda estarem se questionando o que aconteceu na última cena, eu quero fazer uma declaração verbal clara para complementar a confirmação visual da série. Eu sei que nem todos estarão felizes com a maneira que terminou. Raramente o final de uma série alegra os seus fãs, então estive bem animado com a quantidade de artigos positivos e posts que vi sobre o final de Korra.

Já no blog de Bryan, ele explicou seus sentimentos pelo casal:

Você pode celebrar, abraçar, aceitar, esquecer, superar ou fazer o que quer que sinta que precisa fazer, mas não há negação nisso. Essa é a história oficial. Nós recebemos artigos maravilhosos quando o episódio foi lançado, e quase todos que eu li entenderam certo: Korra e Asami se apaixonaram. Elas eram amigas? Sim, e continuam sendo, mas também começaram a ter sentimentos românticos uma pela outra…

… Nós nos aproximamos da emissora e eles foram tão favoráveis, mas havia um limite de onde poderíamos ir, assim como todo artigo que li deduziu. Foi escrito no roteiro há mais de um ano que Korra e Asami dariam as mãos enquanto andavam em direção ao portal espiritual. Nós íamos e voltávamos com isso nos storyboards, mas um pouco depois, eu tive a ideia de que elas viravam de frente uma para a outra e apertavam as mãos, de uma maneira reverencial, em uma referência direta à pose nupcial de Varrick e Zhu Li de alguns minutos antes. Pedimos a Jeremy Zuckerman que fizesse uma música tenra e romântica, e ele preencheu o segmento com uma trilha sublime. Eu acho que a sequência inteira de dois minutos com Korra e Asami ficou muito bonita, e novamente, é uma resolução da qual tenho muito orgulho. Amo o quanto seu relacionamento teve seu tempo, apesar de bondoso e carinhoso. Se pareceu muito atirado para você, acho que uma segunda assistida das duas temporadas anteriores mostrará que você às viu apenas de lentes héteros.

Foi uma vitória completa para a representatividade LGBT? Acho que ficou um pouco aquém disso, mas espero que tenha sido um avanço positivo.

Nós queremos saber o que vocês acharam do final de A Lenda de Korra! Deixem nos comentários!

Fonte: Bryan Konietzko e Mike DiMartino

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux