Capa da Publicação

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido – Bryan Singer fala sobre a viagem no tempo

Por Fernando Maidana

“O futuro será retratado em 25, 30% do filme. Veremos mais passado do que futuro.” Respondeu Bryan Singer à Empire Magazine quando questionado sobre quanto exatamente teríamos de cenas passadas no passado e no futuro. Ele ainda revelou que o futuro se passará em 2023 e Wolverine será mandado de volta para evitar o assassinato de uma “figura chave,” pelas mãos de Mística, para evitar a aniquilação dos mutantes pelas mãos dos Sentinelas.

Sobre como será a viagem de Wolverine. Kitty Pride usará seus poderes para mandar sua mente para seu corpo dos anos 70.

“Trata-se de descobrir a teoria e se fixar a ela. No princípio, eu me baseei na ideia de que até um evento ser observado, ele ainda não ocorreu. O viajante do tempo que viaja conscientemente, eu chamo de Observador. Até o Observador retornar de onde ele viajou, o resultado ainda não ocorreu. Então ele pode fazer qualquer cagada no passado, mas até ele voltar, o futuro ainda não foi alterado. Como resultado nós podemos trabalhar a ação paralela e haverá sempre o temor das ações de Wolverine interferirem no futuro de modo a deixar a realidade ainda mais obscura.”

Ele também revelou que a escola, no passado, ficou fechada por 10 anos, explicando o porquê do time não estar reunido. O que vocês acham? Comentem abaixo!

Fonte: Empire Magazine

Imagem de perfil
sobre o autor Fernando Maidana

Boa piada. Todos riem. Rufam os tambores. Cortinas se fecham.