Capa da Publicação

Marvel vs. DC: O Verdadeiro Confronto do Século (Parte 1)

Por Gus Fiaux

Bem, a primeira coisa que deve ser dita sobre esse texto é: se você veio aqui procurar por justificativas que favoreçam uma editora, você sairá daqui decepcionado. O princípio desse texto é justamente ajudar os fãs de verdade a entrarem em um consenso quanto aos dois blocos editoriais, e se forem comentar besteiras estejam sujeitos a críticas. Apertem seus cintos e boa leitura.

Primeiramente, falar em nessa guerra, não remete diretamente ao cinema, mas historicamente a um crossover que fez com que as pessoas na época se rebelassem contra as outras, gerando polêmicas e começando assim a 1ª Guerra Mun… digo, a malfadada guerrinha entre os “fãs” das duas principais editoras. Sim meus caros: estou falando de “DC vs Marvel: O Conflito do Século”, publicado primeiramente em 1996, nos Estados Unidos, e chegando ao Brasil, ainda na era do Formatinho da Editora Abril.

O enredo é simples, e de fácil entendimento: Existem duas entidades, sendo que uma se chama Marvel, e a outra se chama DC (dãã), e as duas começam a se provocar, mandando heróis e vilões de uma contra os heróis e vilões das outras. Começam os combates e as vitórias eram votadas pelos fãs (falarei um pouco sobre isso depois). Após isso, as entidades entram em consenso e se fundem, formando o Universo Amálgama (que teve uma pequena série de revistas publicadas), onde existem personagens que são mesclas de dois personagens dos dois universos, como o caso de Dark Claw (Batman + Wolverine), Spider-Boy (Homem-Aranha + Superboy). No fim, um personagem interdimensional que não pertence nem a Marvel nem a DC, chamado Access, restaura os dois universos.

Agora passemos as lutas:
Foram ao todo onze, sendo seis delas parte do roteiro original, e as outras cinco foram decididas pelos fãs (vencedores em negrito)

dcvsmarvel_03_22Thor Vs Capitão Marvel
Flash Vs Mercúrio
Namor Vs Aquaman
Jubileu Vs Robin (Tim Drake)
Surfista Prateado Vs Lanterna Verde (Kyle Rayner)
Mulher Gato Vs Elektra

E agora passemos aos decididos pelos fãs
Capitão América Vs Batman
Mulher Maravilha Vs Tempestade
Wolverine Vs Lobo
Superboy Vs Homem-Aranha (Bem Rilley)
Superman Vs Hulk

Em minha opinião, as batalhas e vitórias presentes nas partes do roteiro original foram sem dúvida justas, mas quando os fãs votaram… Foram coisas muito ridículas, como por exemplo, Lobo e Wolverine, que em minha opinião, não implica na vitória ou derrota de um deles, mas, ou em um consenso ou em uma luta praticamente eterna, e por aí vai.

X-Men-met-Teen-Titans-comic-book-27s-and-all-things-geek-345744_400_592Agora, comentando o evento como um todo, percebemos que isso foi um daqueles erros que não se desculpa. Não por ser uma história ruim, afinal não é, chega a ser interessante. O evento é ruim, pois antes disso, os fãs das duas editoras se respeitavam e não discutiam uns com os outros por besteiras, mas após o evento, criou-se um abismo entre os Marvetes/Marvistas e os DCnautas. Até mesmo quem gostava das duas editoras passou a demonstrar preferência exagerada por uma e fazer briguinhas de mimimis com quem gostava da outra. Visto que isso foi um erro, os roteiristas apressaram-se em tentar explicar que apesar da Marvel ter ganhado numericamente, não havia um vencedor específico, mas já que a besteira estava feita, as pessoas não deram importância ao fato e continuaram a guerra eterna. Então criaram o universo Amalgam e alguns cross-overs não tão bem sucedidos, como LJA/Avengers, X-Men e Joves Titãs, Superman e Homem-Aranha, tentando consertar o que foi feito, mas apesar disso, continuaram não ligando, o que fez com que as duas editoras desistissem da ideia do Amalgam e voltassem a publicar apenas dentro de seus universos. Porém o abismo havia sido criado, e até hoje os fãs sofrem com isso, pois as pessoas não entendem e não ligam para a outra editora, chegando a detestar uma editora sem nem ao menos conhecer.

O que se tira dessa série é que, ambas, Marvel e DC, são editoras igualmente excelentes, cujos fãs de verdade entendem e respeitam, mas os fanboys não. A minha principal dica para você que é fanboy é a seguinte: tente ler mais da outra editora, e se não gostar, apenas ignore a existência e respeite. Não criem guerrinhas a toa por causa disso. E isso não vale apenas para Marvetes e DCnautas. Fãs de Star Trek e de Star Wars, torcedores de futebol e por aí vai… (só não musicalmente, se você ouve música ruim, você pede para ser zoado… brincadeira)

Fiquem de olho, que futuramente na Parte 2, discutirei os pontos fortes e fracos das duas editoras nas outras mídias e em seus próprios universos

Vida Longa e Próspera a todos

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux