Capa da Publicação

Homem de Ferro 3 – Roteirista diz que cena de Mandarim foi a mais difícil de escrever!

Por Fernando Maidana

O caderno Vulture da The New York Magazine, está entrevistando diversos roteiristas por trás dos maiores sucessos de 2013. Na mais recente reportagem, Drew Pearce diz que a revelação do Mandarim em Homem de Ferro 3 foi um dos momentos mais difíceis de sua carreira.

“Felizmente, o filme é bem feito o suficiente para isso não contar como um spoiler, mas, obviamente, escolher esse rumo com a versão do Mandarim de Ben Kingsley foi uma enorme surpresa. Ele acaba não sendo o que o filme – e a publicidade do filme – fez ele parecer que fosse, que é um dos maiores arqui-inimigos do Homem de Ferro. Um dos momentos mais difíceis na roteirização de um super-herói é a construção do vilão: como fazê-lo interessante? A maioria dos vilões são apenas uma versão sombria do próprio herói, mas Shane Black sempre me diz que você deve pincelar um pouco de ousadia em tudo que escreve. Para o Mandarim, eu pensei em muitas coisas. Rostos falsos, um grupo de terroristas popstars, enfim, muitas coisas que acabei ficando com medo de mostrar pra Marvel. Shane viu meus projetos e disse: ‘É isso, essa ideia é fantástica, temos que seguir por esse caminho’. Nós mostramos o script para Kevin Feige e ele concordou: ‘Eu amei.’ Eles estavam tentando trabalhar o conceito do Mandarim desde o primeiro filme. Na verdade, o personagem foi cortado do primeiro filme, 1 mês antes do início das gravações.”

Drew Pearce ainda forneceu as páginas do roteiro da controversa cena para o Vulture.

dpxf  gzj7g25q Fonte: Vulture

Imagem de perfil
sobre o autor Fernando Maidana

Boa piada. Todos riem. Rufam os tambores. Cortinas se fecham.