Capa da Publicação

Por que Capitão América e Demolidor são os heróis mais influentes de todos os tempos?

Por Fernando Maidana

Não sou um leitor muito assíduo da Marvel, mas conheço uma boa gama de personagens desde homem absorvente até ZZZax. Dentre todos os personagens, há dois em especial que se destacam do grupo. Eles não se destacam pelo traje, arcos de história ou poderes, mas sim pelo que está atrás da máscara. Esses personagens eram heróis até mesmo quando enfrentavam os obstáculos de suas vidas. Sempre que uma barreira aparecia entre seus objetivos eles não desistiam sem lutar. Esses personagens são bem conhecidos para o público dos quadrinhos. São eles o Capitão América e o Demolidor. Dois personagens diferentes. Dois personagens únicos.

Vocês, leitores, provavelmente estão se perguntando por que eu não escolhi o popular homem-aranha. Antes de ser picado por uma aranha radioativa, Peter Parker era uma pessoa normal, um estudante acima da média, mas o que ele fez que outra pessoa já não havia feito? Matthew Murdock arriscou sua vida para salvar outra pessoa e pagou o preço com cicatrizes para toda a vida. Quando seu pai morreu, Matthew não falou “Eu não posso enfrentar esses caras, vou morrer se tentar.” ele decidiu ir pra cima sem pensar duas vezes. Steve Rogers sofreu a vida inteira por seu frágil porte físico. Quando tentou se alistar no exército, muitas pessoas duvidaram de sua capacidade e o mandavam desistir dessa ideia, mas Steve nunca se abalou e jamais deixou de acreditar no que considerava ser correto.

Você também deve estar se perguntando por que eu não escolhi o Superman. Kal El é praticamente um deus, ele poderia destruir o planeta que quisesse. O ponto é que esses dois personagens passaram por diversas limitações ao longo de suas vidas e não deixaram que os problemas impedissem que se tornassem os heróis que são hoje.

Esses heróis também podem ser relacionados a muita gente. Há muitas pessoas cegas que provavelmente não podem ler quadrinhos, mas podem ouvir e recriar a imagem dentro de sua imaginação. A maioria das pessoas acreditam que pessoas cegas são limitadas e nunca poderiam fazer o que outras pessoas fazem. Ninguém jamais esperaria que um cego se tornasse um vigilante, trabalhando ao lado de grandes heróis. Este tipo de crença também se aplica a pessoas que são subestimadas por suas capacidades físicas. Muitos acreditam que para ser um líder você precisa ser forte no aspecto físico. Steve Rogers já era o Capitão América antes de tomar o soro do super-soldado. A fé de Steve Rogers em seus objetivos é o que o tornou o escolhido para ser o super-soldado. Este personagem serve como exemplo para pessoas que são humilhadas todos os dias, mas que não deixam de defender aquilo que acreditam. A história do Capitão América pode transformar o aluno mais fraco da escola no capitão do time de futebol. Mesmo que seja uma ficção, a origem do Capitão América prova que a fé pode ser recompensadora.

As histórias de suas origens tornam Capitão América e Demolidor personagens inspiradores. Esse tipo de herói inspira leitores de HQ’s a sair e fazer algo de bom. Esse tipo de personagem deixa a sua marca nos leitores e nos mostra que não importa o quão forte a vida possa nos bater devemos levantar e bater de volta.

Adaptado da CBM

Imagem de perfil
sobre o autor Fernando Maidana

Boa piada. Todos riem. Rufam os tambores. Cortinas se fecham.