Capa da Publicação

Ben Affleck fala sobre como seu Batman será diferente do de Christian Bale

·
Por Fernando Maidana

Na entrevista, Affleck falou sobre Argo, discutiu política e, claro, teceu comentários sobre Batman. Aqui estão alguns comentários referentes ao Cavaleiro das Trevas!

Playboy: Quando a Warner Bros te convidou para ser Batman, a internet explodiu em hostilidade. Depois de enfrentar algumas adversidades em sua carreira e conquistar o Oscar de melhor filme, o que passou pela sua cabeça? “De novo não” ou “Danem-se vocês!”?

Affleck: Nenhuma das duas, na verdade. Eu esperava essa reação. A Warner Bros. me explicou no que eu estava me metendo. Eles me mostraram as reações às outras pessoas que se destacaram nesses papeis e falaram como eu deveria me preparar inicialmente.

Playboy: O que te convenceu a aceitar?

Affleck: Quando perguntaram se eu gostaria de ser o Batman, eu disse a eles que não me via no papel e estava quase implorando para que me deixassem em paz. Mas então eles disseram que eu me encaixaria no personagem que estavam construindo e me mandaram o que Zack Snyder estava fazendo. O material era incrível!

Playboy: Por quê?

Affleck: É uma visão única sobre o Batman, mas ainda está dentro da mitologia do herói. Isso me deixou animado. De repente, eu tinha uma nova leitura do personagem. Quando as pessoas verem fará mais sentido do que comigo falando agora.

Playboy: Como seu Batman será diferente dos outros, particularmente do Batman interpretado por Christian Bale?

Affleck: Eu não quero falar muito sobre isso, mas a ideia do novo Batman é redefini-lo de uma forma que não haverá competição alguma com o Batman de Chris Nolan e Bale, mas ainda assim estará dentro do canon do herói. Será uma versão mais velha, sábia, especialmente no modo como se relaciona com o Superman de Henry Cavill.

Playboy: O quanto a reação hostil dos fãs te incomoda?

Affleck: Eu sei que estou em desvantagem com a internet. Mas se eu achasse que seria mais um Demolidor, eu mesmo estaria nas ruas protestando contra mim mesmo! (Risos) Por que eu faria um filme se não acreditasse que ele seria bom e que eu pudesse dar o melhor de mim?

Playboy: George Clooney tem uma foto de si mesmo como Batman na parede de seu escritório para lembrá-lo do que pode acontecer quando você aceita um papel apenas por dinheiro e por fama. Se você tivesse que escolher uma foto, de qual filme seria?

Affleck: Provavelmente eu teria umas duas ou três fotos. (Risos) É difícil escolher. O único filme que eu realmente me arrependo é Demolidor. Ele acaba comigo. Eu amo a história, adoro o personagem e me identifico com o rumo que a vida dele tomou nas HQ’s. Talvez ele seja minha maior motivação para fazer o Batman.

O que acharam da honestidade do mais novo Bruce Wayne?

Fonte: Latino Review

Imagem de perfil
sobre o autor Fernando Maidana

Boa piada. Todos riem. Rufam os tambores. Cortinas se fecham.