Capa da Publicação

Adi Granov fala sobre o desing de Iron Man para o universo cinematográfico da Marvel

Por Fernando Maidana

Na edição de maio da SFX Magazine, Granov Adi, ilustrador e consultor da Marvel Studios falou sobre a inspiração para o visual das armaduras do Homem de Ferro no universo cinematográfico da Marvel e o trabalho em conciliar as atualizações sem alterar o visual icônico do Ferroso.

“O design da Mark III em Homem de Ferro foi o começo de tudo, como se estivéssemos trabalhando em um projeto completamente novo. Jon Favreau realmente gostou do aspecto geral que dei à armadura nos quadrinhos e queria manter essa silhueta em todos os trajes, de modo que se você olhasse qualquer um de qualquer ângulo eles parecessem o mesmo.”

“O que sempre funcionou muito bem com o Homem de Ferro é o fato de Tony Stark projetar a armadura sozinho, portanto é perfeitamente cabível a ideia de que o traje passa por atualizações no design e modificações constantes. Isso também torna a história mais interessante. É como um fabricante de automóveis. Mesmo que o modelo anterior seja perfeito as pessoas acabam se cansando dele, então você tem de integrar novos acessórios que acabam contribuindo para o desenvolvimento tecnológico. O Homem de Ferro acaba se tornando o personagem perfeito, já que Tony Stark continua o mesmo é apenas o uniforme que sofre modificações. O único desafio é adequá-lo de modo que não altere o visual clássico do herói. Você pode moldá-lo de muitas maneiras diferentes e o resultado continua muito bom!”

É claro que, como visto no trailer de Iron Man 3, algumas das, cerca de, 40 armaduras auxiliares de Tony Stark acabarem perdendo a “Silhueta” característica do Homem de Ferro, mas acho que ninguém está preocupado com isso.

Imagem de perfil
sobre o autor Fernando Maidana

Boa piada. Todos riem. Rufam os tambores. Cortinas se fecham.