Capa da Publicação

50 anos de Mônica

Por Fernando Maidana

No dia 3 de março Mônica comemorou 50 anos de existência. A personagem apareceu pela primeira vez em uma tirinha do Cebolinha antes de se tornar o principal ícone das publicações de Maurício de Souza. Mônica foi inspirada na filha de Maurício, a garota, com o mesmo nome da personagem, serviu de base para a criação da personagem mais conhecida dos quadrinhos nacionais.

tirinha

Turma da Mônica já serviu de inspiração para jogos de tabuleiro, vídeo games, filmes, desenhos animados, músicas e até um parque temático. Atualmente, os quadrinhos são distribuídos para mais de 40 países e publicados em 14 idiomas. Turma da Mônica é referência não só para cartunistas brasileiros, mas de todo o mundo.

Mas o que a Turma da Mônica tem a ver com a Legião dos Heróis?

Independente da temática cotidiana, Turma da Mônica funciona como um abrir de portas para o mundo das HQ’s. Todo mundo já leu alguma revistinha da Mônica na vida, o que pode servir como um gatilho para iniciar-se na leitura de publicações “mais sérias”. Além disso, os próprios integrantes da turminha, muitas vezes, são postos em situações que qualquer super-herói passaria sufoco. A super-força da baixinha aliada à precisão mortal de sua coelhada  com certeza renderiam batalhas emocionantes em meio à liga da justiça… ok, talvez não, mas o que ninguém pode negar é que a dentuça é um ícone na infância de muita gente e até hoje serve de inspiração pra muito marmanjo por aí.

 123

Até a presidente Dilma se inspirou no visual da baixinha para conquistar a simpatia do povo. (risos)

Um fato que talvez poucos se atentem é o sucesso de vendas de Turma da Mônica. Em 2011 a DC encheu o peito para anunciar que a revista Liga da Justiça #1 era o título mais vendido do mês, no mundo, com 200 mil exemplares, mas eles não contavam com a astúcia da baixinha, já não tão baixinha assim, que com a publicação ao estilo Mangá da Turma da Mônica Jovem vendeu o incrível montante de 500 mil revistas. Isso mesmo 500 MIL!!  É claro que não há como comparar o mercado americano com o nacional, visto que o público dos Estados Unidos tem, só na DC, 52 opções de personagens, além de competir com outras editoras como Marvel, Dinamite, Image… Mas é uma questão a se observar e sentir orgulho por fazer parte dessa história.

revistas

Em 2011 o beijo entre Cebolinha e Mônica vendeu 300 mil exemplares a mais que a edição número 1 da Liga da Justiça dos novos 52. Chupa Bátima!

Pode ser que você não goste do novo formato da Mônica, que acabou se tornando uma publicação voltada ao público infantil ao contrário da premissa original, mas tenho certeza de que se você parar para ler uma edição da Turma da Mônica, pode ser aquele almanaque com a republicação das melhores histórias, vai conseguir se envolver na trama da turminha e voltar ao tempo de infância, que serviu como ponto de partida para o leitor que você se transformou hoje.

Mais do que uma companheira de aventuras de muitas crianças pelo Brasil, Mônica conseguiu moldar o caráter de uma geração e ficará marcada para sempre na vida de crianças e adultos ao redor do mundo.

Imagem de perfil
sobre o autor Fernando Maidana

Boa piada. Todos riem. Rufam os tambores. Cortinas se fecham.