Capa da Publicação

Jovens Vingadores: Um Clássico Moderno

Por Leo Gravena

Ultimamente vejo muito usarem-se desta palavra, “Épico”, muitas vezes é jogada  casualmente, sem maior cuidado ou dedicação, atualmente qualquer coisa boa já é chamada de épica, tudo é épico e é assim que esta palavra, que representa tanta grandiosidade, começa a se perder. Mas sem duvidas épico se aplica a Young Avengers, seja o primeiro volume, o Presents, Children’s Crusade… Épico define a saga dos jovens heróis, seja pela simplicidade de suas tramas, os incríveis personagens ou o modo que consegue ser um quadrinho denso e profundo mesmo sob o lema de “sobre ter dezesseis e ser um herói”.

Ter dezesseis e ser um herói… É exatamente isso o que Young Avengers é, um quadrinho jovem feito para o publico jovem e penso que qualquer pessoa que vá lê-los com uma mentalidade diferente irá se decepcionar. Outra coisa que jamais deve ser dita sobre os heróis é que eles são uma “imitação” dos Vingadores mais velhos, eles são fãs dos Vingadores! Eles querem ser Vingadores e acima de tudo, eles têm ligação com os Vingadores, a maioria deles pelo menos.

A trama foi iniciada pouco após o fim dos Vingadores em 2005, após a Feiticeira Escarlate ficar louca e desbandar o grupo, com isso quatro jovens se unem para tentar se tornarem novos Vingadores e quem sabe no caminho juntar os antigos? Inicialmente o grupo é formado por apenas quatro jovens, são eles:

2Rapaz de Ferro (Nathaniel Richards):

Um jovenzinho qualquer que sofria Bullyng, esse era Nate, até que Kang, O Conquistador apareceu e disse que Nathaniel era uma versão passada do vilão que podia viajar no tempo, Nathaniel então usa a tecnologia que ganhou de Kang e volta para o passado, procurando a ajuda dos Vingadores, porém descobre que eles acabaram. Assim encontra os restos do Sistema Operacional do Visão em um armazém, nele havia informações sobre possíveis heróis que poderiam formar um novo grupos de Vingadores caso salgo acontecesse.

Patriota (Eli Bradley):3

Ele é o neto do Capitão América Negro (Se você não leu “Truth: Red, White & Black” não sabe o que está perdendo!), meio nervosinho e age como o líder do grupo, tem super força, velocidade, duração e audição. Ele diz ter recebido as habilidades através de uma transfução de sangue que recebeu de seu avô, porém mais tarde descobrimos que na verdade ele usava uma droga que fazia com que ele ganhasse poderes artificialmente.

4Hulkling (Teddy Altman):

É um metamorfo e tem super força e se cura rapidamente. Mais tarde é descoberto que ele na verdade é filho do Capitão Marvel com com uma princesa Skrull chamada Anelle. Teddy é sem duvidas a “cola” da equipe, já que mesmo sendo verde e totalmente musculoso (forma na qual ele gosta de ficar, já que seu Vingador Favorito é o Hulk) é justamente aquele personagem que está sempre ajudando a todos, inclusive é interessante notar que nos fundos da imagem ele sempre vai estar ajudando alguém a se levantar ou abraçando e levando algum personagem.

Wicanno (Billy Kaplan):5

Ele é o filho reencarnado da Feiticeira Escarlate e do Visão Original, assim tem os mesmos poderes que ela e se utiliza de feitiços para voar, criar raios, encontrar pessoas ou se teleportar. É o irmão gêmeo de Tommy, namorado de Teddy e o Young Avenger favorito de grande parcela dos fãs.

Porém logo essa equipe foi ampliada com a entrada de mais membros que entraram na equipe logo nos primeiros volumes:

6Gaviã Arqueira (Kate Bishop):

Ela decide entrar para os Jovens Vingadores (sem ser convidada), após os ajudar em uma missão – onde eles quase morreram e ela os salvou –, ela os segue até a mansão dos Vingadores e entra para a equipe, inicialmente ela não tem um nome real, apenas apelidos que os amigos dão, mas ao final de Children’s Crusade, Capitão América (acreditando que o Gavião Arqueiro ficaria morto para sempre) decide dar a Ela o Titulo e o Arco do herói.

Estatura (Cassie Lang):7

Filha do segundo Homem-Formiga, Scott Lang. Ela tem a habilidade de mudar seu tamanho, inicialmente ela pretendia fugir e se integrar aos Runaways/Fugitivos, porém ela se juntou a Kate e juntas encontraram os Young Avengers e decidiram entrar na equipe.

8Visão (Jonas):

Toma Conta da Armadura do Rapaz de Ferro após ele ser levado por Kang e contem a programação do Visão e os sentimentos de Nate, teve um romance com Estatura, porém as coisas não acabaram muito bem para nenhum dos dois.

Célere (Tommy Sheppard):11

Realmente odeio o nome em português dele, então no texto sempre irei me referir a ele como Speed, ok? Ele entra no grupo no final do primeiro volume. É o irmão gêmeo de Billy, porém não tem os poderes da mãe, mas sim do tio, tendo super-velocidade e conseguindo acelerar e desestabilizar matéria atômica.

9E além dos Jovens da Equipe temos a participação da (sumida) Jessica Jones, Conhecida também como Safira, ou esposa do Luke Cage. Ela ajuda os Young Avengers e os mentora, seja com a mídia, assuntos diários ou como lidar com o Capitão América e o Homem de Ferro que insistem que eles voltem para a casa, ameaçando inclusive contar tudo para os pais deles! (Eles tem 16 pessoal…)

Nas primeiras seis edições temos a história chamada “Sidekicks”, nela Jessica Jones, junto do Capitão America e Homem de Ferro investigam o grupo, a história se passa depois do “Vingadores: A Queda” e antes dos “Novos Vingadores”. O Time derrota Kang, O Conquistador que queria sequestrar Nate, para treina-lo e torna-lo um Kang muito superior, que não perdesse facilmente para os Vingadores. Mesmo com a vitória Capitão e Homem de Ferro tomam seus pertences e avisam que eles não devem continuar com as atividades sem o consentimento de seus pais. Porém mesmo assim o time continua com um novo quartel-general, novas roupas e alguns novos nomes (Wiccano se chamava Asgardiano, mas para evitar trocadilhos com a primeira silaba mudou de nome).

No arco “Identidades Secretas”, eles começam a se perguntar em como contar a seus pais sobre suas identidades secretas, temos inclusive uma hilária e fofa cena onde Billy decide sair do armário, sobre seus poderes e ser um super-herói, para seus pais, porém eles descobrem sobre ele estar com Teddy e dizem que aceitam o filho como ele é. Temos também uma trama mais profunda de Cassie, onde vemos que seu padrasto é um idiota não gosta de super-heróis e repudiava o pai dela. Mas o grande destaque é Patriota e a descoberta de que ele não possui os poderes através da transfusão de sangue do avô. O arco acaba com Eli saindo da equipe.

Antes de embarcar no ultimo arco do primeiro volume, temos o “Young Avengers Special #01”, nele Jessica Jones entrevista os jovens para saber um pouco mais de suas vidas, é nele que descobrimos que Cassie planejava entrar nos Fugitivos, devido a sua conturbada vida em casa. Vemos que o Teddy estava usando seus poderes para poder sair com um garoto mais popular, porém percebe que as coisas estão indo muito longes quando o “amigo” tenta forçar ele a roubar artefatos da abandonada Mansão dos Vingadores. Eli toma a droga para derrotar alguns jovens marginaizinhos que incomodavam a vizinhança. Billy tinha problemas com ser aceito, até que conheceu a Feiticeira Escarlate (antes de ficar louca) que diz a ele que ser diferente não é algo ruim e Kate é atacada em um parque.

No ultimo arco, “Família Importa” o Super-Skrull tenta sequestrar Teddy e leva-lo para o mundo Skrull, também é revelado que a Mãe do Teddy não é a mãe dele, porém ela morre o defendendo. Logo após ele realmente consegue sequestrar o Teddy e Visão decide procurar mais Jovens Vingadores, e ai temos a entrada de Tommy, que descobrimos ser idêntico a Billy, tirando a cor de seu cabelo. Neste arco descobrimos que o Teddy é meio Kree e meio Skrull, ele também revela que Billy e Tommy são filhos da Feiticeira Escarlate. Temos uma breve guerra entre Kree e Skrull que termina com Patriota sendo gravemente ferido. No fim Teddy consegue ficar na terra e Eli recebe uma transfusão de seu avô, que faz com que ele tenha as habilidades cedidas pelo super-soro.

No fim do primeiro Volume Capitão América diz para que os Jovens Vingadores parem de fazer o que estão fazendo, porém Kate grita com ele dizendo que é tudo culpa dele, já que ele se recusou a treina-los. Eles reparam as estátuas na mansão dos Vingadores e Kate recebe o arco e titulo do Gavião Arqueiro enquanto Tommy chega em uma fantasia e se nomina Speed.

Conforme o tempo os Jovens Vingadores voltaram a aparecer em vários títulos, Guerra Civil, Invasão Secreta, Reinado Sombrio e Siege. O mais importante porém é o Jovens Vingadores: Presents, nele vemos um pouco mais da vida pessoal dos jovens e como os eventos do primeiro volume os afetaram. Nele Patriota encontra Bucky, que o incentiva a voltar a equipe definitivamente, Hulkling encontra com seu pai que, brevemente voltou a terra. Visão diz a Cassie que ele viajou pelo mundo sendo várias pessoas diferentes que que gostaria de ser chamado de Jonas. Cassie acidentalmente machuca seu padrasto enquanto lutava com um vião (devia ter o matado) e se sente culpada.

Mas o destaque fica para a historia de Kate e a de Billy & Tommy. Na edição de Kate ela começa ficar desconfortável quanto seu relacionamento com Eli e se encontra com o Gavião Arqueiro, que a ajuda a aceitar seu posto de Co-Capitã da equipe e que mesmo sem poderes ela pode ser de extrema importância. Na de Billy e Tommy eles saem em busca da Feiticeira Escarlate em várias regiões do mundo, e acabam descobrindo mais sobre suas origens, no final temos uma incrível cena de Billy e Teddy, com toda aquela doçura de romance adolescente onde Billy (internamente) diz que tudo o que precisava para ser feliz estava bem ali.

A equipe voltou a ter destaque com o epicamente perfeito Chilldren’s Crusade. Na minissérie, Magneto descobre que os Jovens Vingadores estão indo em busca da Feiticeira Escarlate, e que Wiccano e Speed podem ser seus netos, ele os encontra e após várias brigas e discussões eles vão em busca de Wanda. A trama é Fantástica e encerra de forma maravilhosa todas as tramas criadas até então. Vemos como Nate, O Rapaz de Ferro, começa a se tornar Kang, O Conquistador, temos o Trágico final de Cassie e Visão, a volta de Wanda e a aparição de Doutor Destino.

Poderia ficar por horas escrevendo sobre como Children’s Crusade é genial. Para apreciar todo o trabalho da minissérie basta ler as 12 edições, porém posso afirmar que é simplesmente uma das melhores tramas que já vi, a arte é incrível e muito bem trabalhada! E junto do Marvel NOW! A equipe vai voltar, sem Visão, Estatura, Patriota e Speed. No time estarão Wiccan, Hulking, Gaviã Arqueira e teremos a entrada de Miss America Chavez e Noh-Varr (Talvez Kid Loki?). De qualquer forma sei que estou totalmente ansioso para acompanhar mais aventuras dos jovens. Que agora tem 18 anos e estão “aprendendo a crescer”.

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."