Capa da Publicação

Os 10 piores finais de filmes de super-heróis!

Por Gus Fiaux

Elaborar e manter a estrutura de um filme não é uma tarefa fácil. Várias questões são envolvidas, desde aspectos práticos à própria recepção do público. No caso de filmes de super-heróis, por mais que os espectadores geralmente sejam “menos exigentes”, ainda há uma grande demanda para que as obras sejam coesas e coerentes.

Enquanto temos filmes que dão um show de bola do começo ao fim – e outros que até começam mais ou menos, mas têm um final arrebatador -, também temos alguns longas que pecam justamente no encerramento. E esta lista é dedicada justamente a isso: os 10 piores finais de filmes de super-heróis.

Aqui, não estamos analisando especificamente as batalhas finais ou os terceiros atos de cada filme. A ideia é dar uma ideia geral de como cada longa citado deixa a desejar bem no finalzinho – até mesmo momentos depois que o grande inimigo é derrotado.

Créditos: Divulgação

Imagem de capa do item

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Para começar a matéria, temos um item polêmico, pois esse é o caso em que muitas pessoas adoram o final - enquanto outras o massacram até hoje. Trata-se de O Cavaleiro das Trevas Ressurge, o último capítulo da trilogia de Christopher Nolan, reimaginando o Batman como um vigilante moderno e realista.

O final do longa traz alguns momentos muito bons, como o sacrifício de Bruce Wayne por Gotham City - mas ao mesmo tempo, nos dá motivos para rir com a morte de Talia al Ghul, a descoberta de que John Blake, na realidade, era literalmente chamado "Robin" e até mesmo a cena final com Alfred, que alguns acham poética e outros acham forçada.

Imagem de capa do item

Homem de Ferro 3

Por outro lado, temos o final de Homem de Ferro 3, que apesar de ser um filme tão divisivo quanto O Cavaleiro das Trevas Ressurge, possui um encerramento ainda mais digno de críticas. No caso, vemos uma batalha final até interessante, mostrando Tony Stark combatendo os vilões com sua Legião de Ferro.

No entanto, não dá para engolir Aldrich Killian se declarando o Mandarim, e é menos palpável ainda o momento em que, logo após ver Pepper Potts morrer, o Vingador Dourado faz algumas piadas. Pior do que isso é a conclusão na qual ele destrói todo seu arsenal de armaduras, algo que foi ignorado assim que Vingadores: Era de Ultron chegou aos cinemas.

Imagem de capa do item

Blade Trinity

Como você pode bem notar aqui - e em alguns exemplos que virão a seguir -, tivemos uma fase de má sorte com trilogias de filmes de super-heróis - e felizmente, isso tem mudado lentamente. Um dos primeiros exemplos que veio para desgraçar a cabeça dos fãs foi Blade Trinity, a conclusão da saga do Caçador de Vampiros.

Enquanto os dois primeiros filmes são realmente muito bons, o terceiro parece perder orçamento e até mesmo um eixo narrativo, e a batalha final entre o Blade e o Drácula - que vira um cramunhão-vampiro bizarro - pode estar entre as piores cenas de ação de todos os filmes que adaptam as HQs da Marvel. Ao menos, dá para notar que alguns atores tentaram.

Imagem de capa do item

X-Men: Apocalipse

Se há uma coisa com a qual sempre poderemos contar é o talento de Bryan Singer para ser brega. O diretor começou os X-Men nos cinemas de uma forma incrível, mas de uns tempos pra cá, se tornou cada vez mais megalomaníaco e a prova viva disso está em X-Men: Apocalipse, terceiro filme da nova saga dos Filhos do Átomo.

Embora a batalha final seja até decente, há muito que chama a atenção de uma forma bem negativa, como por exemplo, a imensa destruição e morte que não traz nenhum peso ou consequência para a história. E embora estejam com seus visuais clássicos, ainda é bem difícil de engolir os mutantes sendo "liderados" pela Mística na sequência final.

Imagem de capa do item

X-Men Origens: Wolverine

Aliás, ainda mantendo a linha na franquia dos X-Men, vale lembrar o quanto os fãs ficaram animados ao saber que o Wolverine teria seu próprio filme solo, onde encontraria alguns mutantes adorados, como Gambit e até mesmo a Raposa Prateada. No entanto, o que ganhamos foi um filme chato, incoerente e coroado com uma terrível versão do Deadpool.

O fim é uma soma de todos os problemas, com a péssima batalha final entre o mutante canadense, o Mercenário Tagarela e o Dentes-de-Sabre. Além disso, outro momento digno de pena é a desculpa fajuta de que uma bala de adamantium conseguiria apagar a memória do mutante, apenas para justificar sua amnésia na trilogia original...

Imagem de capa do item

Homem-Aranha 3

Para encerrar de vez nosso ciclo com as trilogias amaldiçoadas, temos Homem-Aranha 3, um dos filmes que mais revoltou os fãs do Escalador de Paredes - especialmente depois dos dois filmes excelentes dirigidos por Sam Raimi. O filme em si é sério de decisões equivocadas, mas o final consegue estragar ainda mais a produção.

Temos a morte de Harry Osborn em uma "redenção" bem forçada, além da "incrível" cena - que virou um excelente meme - de Tobey Maguire chorando. Também vale mencionar a morte nada empolgante do Venom, e o "perdão" ao Homem-Areia, que até condiz com a história, mas não agradou muito os fãs.

Imagem de capa do item

O Espetacular Homem-Aranha 2

O Espetacular Homem-Aranha é uma duologia de filmes que conquistou sua legião de fãs, mas que também despertou diversos críticos. O segundo filme é ainda alvo de muitas opiniões negativas a respeito de sua trama inchada e seus vários vilões, um pior que o outro. Mas há de se concordar que o final é uma ótima ideia, porém muito má executada.

Após a devastadora morte de Gwen Stacy, vemos Peter Parker passando um longo tempo de luto, antes de finalmente voltar para a ação enquanto enfrenta o Rino. No entanto, tudo sobre essa cena é bem constrangedor - desde o CGI à atuação afetadíssima de Paul Giamatti no papel do clássico vilão do Amigão da Vizinhança.

Imagem de capa do item

Esquadrão Suicida

Quando os primeiros trailers começaram a sair, muitos ficaram extremamente ansiosos para assistir a Esquadrão Suicida. O resultado final, no entanto, foi uma bomba - e não em um bom sentido. O longa deixa uma série de pontas soltas, não consegue resolver nenhum de seus plots e ainda por cima tem um roteiro e personagens mal-construídos.

O final do filme, no entanto, resolve descartar toda a evolução que poderia ter sido estabelecida com a Arlequina. Após voltar para a prisão em Belle Reve, a vilã é simplesmente resgatada pelo Coringa - que havia sido dado como morto -, perpetuando a noção de que os dois tem um grande "amor" pelo outro. E esse definitivamente não é o caso...

Imagem de capa do item

Batman vs Superman: A Origem da Justiça

Ainda que Esquadrão Suicida seja considerado, em disparada, o pior filme dos Mundos da DC, Batman vs Superman também deixou um gosto amargo na boca dos fãs por trazer diversos elementos icônicos e não trabalhar bem nenhum deles. Só nisso, foram desperdiçados A Morte do Superman, Cavaleiro das Trevas e a origem da Trindade.

O final é um dos maiores baldes de água fria já sentidos pelos fãs da DC Comics. A morte do Homem de Aço, por exemplo, é extremamente precipitada, já que acontece antes mesmo que o personagem possa ter uma construção amigável com o público. E o que falar do momento vergonhoso de Lex Luthor na prisão?

Imagem de capa do item

Quarteto Fantástico

Por fim, temos que mencionar um dos piores finais da história - no que quiçá é considerado um dos piores filmes de super-heróis já feitos. Claro que estamos falando do Quarteto Fantástico de 2015, que nos fez o desserviço de trazer a equipe para os cinemas mais uma vez, em uma roupagem ainda mais detestada pelos fãs.

O filme é uma bagunça completa, totalmente destroçado por zilhões de regravações e interferência do estúdio, mas o final realmente consegue se superar, trazendo uma batalha de CGI horrorosa e uma péssima desculpa pela criação do nome da equipe - com direito a um gancho sem-vergonha para uma continuação que (graças aos céus) nunca veremos.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux