Capa da Publicação

15 estrelas de filmes de super-heróis que já ganharam o Oscar!

Por Evandro Lira

Filmes de super-heróis são repletos de estrelas de Hollywood, várias delas do mais alto escalão da indústria. Atores queridos pelo público, mas também reconhecidos pela crítica e pelo maior prêmio do cinema, o Oscar.

Nessa lista, você vai conhecer vários nomes que estampam os pôsteres dos filmes da Marvel e da DC e que já foram premiados com o careca dourado!

 

Imagem de capa do item

Brie Larson

Abrindo alas, a mais nova heroína do Universo Cinematográfico Marvel! Brie Larson já era conhecida no cinema indie quando foi descoberta pelo mundo em O Quarto de Jack, filme pela qual ganhou o Oscar de Melhor Atriz em 2016.

No drama, ela interpreta uma mãe que durante anos é mantida em cativeiro junto ao seu filho, mas que num determinado dia, decide elaborar um plano de fuga.

No mesmo ano em que levou o Oscar, Larson foi anunciada como Capitã Marvel na San Diego Comic Con. Desde então as expectativas para o filme da heroína estão altas e finalmente, nessa semana, todos poderão conferir o resultado!

Imagem de capa do item

J.K. Simmons

J.K. Simmons interpreta no cinema dois personagens marcantes dos quadrinhos: JJJ, o chefe esquentadinho de Peter Parker, na trilogia Homem-Aranha, e o Comissário Gordon no filme da Liga da Justiça.

Mas foi em Whiplash: Em Busca da Perfeição, filme de 2014, que Simmons deu uma performance monstruosa como o instrutor de jazz abusivo do personagem de Miles Teller (Quarteto Fantástico). Os elogios à atuação de Simmons foram unânimes e a consequência disso foi um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante para chamar de seu.

Imagem de capa do item

Natalie Portman

Natalie Portman tinha acabado de ganhar o Oscar de Melhor Atriz quando estrelou Thor, filme de 2011, onde interpreta Jane Foster. O prêmio veio a partir de sua performance no longa Cisne Negro, de Darren Aronofsky.

Neste filme, Portman dá vida a Nina, uma bailarina ingênua porém ambiciosa, que ganha o papel principal na peça O Lago dos Cisnes. Nela, a jovem precisaria desempenhar tanto o papel do Cisne Branco quanto o de Cisne Negro, mas para isso, Nina acaba vivendo um verdadeiro pesadelo. Cisne Negro é um dos exemplares mais famosos quando se fala de “terror psicológico”.

A atuação de Natalie Portman no longa foi tão premiada, que há quem diga que seu Oscar é um dos mais justos da década no que diz respeito a atuações femininas.

Imagem de capa do item

Jared Leto

Tudo que envolve a escalação de Jared Leto para viver o Coringa em Esquadrão Suicida é polêmico. Mas o ator que encarnou o Palhaço do Crime no filme de 2016, havia ganhado o ilustre prêmio da Academia dois anos antes.

O prêmio de Melhor Ator Coadjuvante de 2014 foi para a performance de Leto em Clube de Compras Dallas, onde o ator vive uma mulher trans, que ajuda o personagem principal vivido por Matthew Mchgoney na sua luta contra a AIDS.

Para viver o personagem, Jared Leto emagreceu 13 quilos e usou o mesmo método que ganhou a mídia na época de Esquadrão Suicida: se recusou a deixar o personagem durante as filmagens.

Imagem de capa do item

Jennifer Lawrence

A atriz que interpreta Mística desde 2011 nos filmes da franquia X-Men já foi indicada 4 vezes ao Oscar e levou 1 estatueta para casa. Seu prêmio foi devido a perfomance na comédia O Lado Bom da Vida, onde Lawrence vive uma viúva com problemas psicológicos que passa a se relacionar com o seu vizinho, que sofre de transtorno bipolar.

J-Lawn levou diversos prêmios pelo papel e a partir daqui se tornou um dos rostos mais famosos de Hollywood na década, algo que com certeza ocasionou em alterações no seu personagem nos filmes do mutantes. Mística ganhou certo protagonismo em X-Men, além de aparecer muito mais tempo “como Raven”, e quando caracterizada, é possível notar uma maquiagem bem menos pesada.

Além do prêmio de Melhor Atriz, Jennifer Lawrence foi indicada outras duas vezes nessa categoria por Inverno da Alma e Joy: O Nome do Sucesso e uma vez como Melhor Atriz Coadjuvante por Trapaça.

Imagem de capa do item

Viola Davis

Viola Davis é uma das atrizes mais respeitadas da atualidade. Com trabalhos aclamados tanto na TV quanto no cinema, ela atuou no filme Esquadrão Suicida como Amanda Waller, a funcionária do governo que dá as ordens ao Esquadrão.

Em Um Limite Entre Nós, filme pelo qual venceu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, Davis vive a esposa de um homem amargurado que sonhava em se tornar uma grande estrela do esporte mas que agora trabalha como coletor de lixo para sobreviver. O longa é baseado numa peça premiada, da qual a atriz também participou e ganhou o Tony Awards pelo mesmo papel.

Imagem de capa do item

Lupita Nyong'o

A atriz de Pantera Negra, Lupita Nyong’o foi a vencedora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2014 pelo seu papel em 12 Anos de Escravidão. O filme, que recebeu ampla aclamação da crítica, conta a história real de Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor de Doutor Estranho), um homem afro-americano nascido livre, mas que é sequestrado e vendido como escravo.

A atuação de Nyong’o como a escrava Patsey, um dos papéis mais dramáticos da sua carreira, recebeu diversos prêmios e levou a atriz queniana-mexicana a status de estrela em Hollywood. Na Marvel, Lupita Nyong’o vive Nakia, uma espiã de Wakanda e interesse amoroso de T'Challa.

Imagem de capa do item

Marisa Tomei

A atriz Marisa Tomei foi premiada como Melhor Atriz Coadjuvante em 1993, por seu papel em Meu Primo Vinny. Sim, é isso mesmo! A Tia May de Homem-Aranha: De Volta ao Lar é detentora de um dos Oscar mais polêmicos da história.

A vitória foi tão controversa que passou a circular uns boatos bizarros de que o apresentador da categoria, Jack Palance, havia lido o nome errado na hora de anunciar a ganhadora. O boato era tão forte que até a própria Tomei já falou sobre o quanto ficou magoada.

Na comédia, a atriz vive a esposa de um advogado inexperiente que precisa defender um caso de assassinato no interior dos EUA. Apesar da polêmica envolvendo seu prêmio, a performance de Marisa Tomei foi bem elogiada.

Imagem de capa do item

Ben Affleck

O ator que deixou o manto do Batman recentemente levou seu primeiro Oscar ainda na década de 90. Sim, primeiro, pois Ben Affleck possui na estante dois prêmios da Academia. E por mais surpreendente que possa parecer, nenhum deles é por atuação!

Na verdade, Affleck nunca foi indicado ao Oscar pelos seus papéis, e sim por outras áreas do cinema. A edição do prêmio de 1998 foi marcante para ele e seu melhor amigo, Matt Damon, pois os dois compartilharam o troféu de Melhor Roteiro Original pelo filme Gênio Indomável.

Muitos anos depois, em 2013, Ben Affleck produziu e dirigiu o drama Argo, e embora ele não tenha sido sequer indicado à categoria de direção, o filme saiu com o maior prêmio da noite, o de Melhor Filme. E nessa categoria, quem sai com a estatueta são os produtores do filme, Affleck sendo um deles, levou seu segundo Oscar.

Imagem de capa do item

Christian Bale

Mais um Batman na lista! A estrela da trilogia Cavaleiro das Trevas, Christian Bale, levou o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante em 2011 pelo filme O Vencedor, onde interpretou o treinador e irmão mais velho do personagem de Mark Wahlberg (Transformers 4).

O ator perdeu 13,5 quilos para representar o lutador Dicky Eklunf, um ex-campeão americano que teve sua carreira destruída pelo vício em cocaína.

Bale, que é galês, é famoso por mudar completamente a aparência para fazer seus papéis, tendo sido indicado outras duas vezes depois.

Imagem de capa do item

Halle Berry

Quando ganhou o prêmio de Melhor Atriz por seu trabalho em A Última Ceia, em 2002, Halle Berry foi às lágrimas no palco do Oscar. Ela era a primeira (e até agora a única) atriz negra a ganhar o prêmio de atriz principal.

Halle Berry deu vida à icônica Tempestade na trilogia X-Men e estrelou também o fatídico Mulher-Gato de 2004. Desde então, ela nunca mais conseguiu algum papel realmente de destaque no cinema, tendo reprisado o papel de Tempestade em Dias de Um Futuro Esquecido, em 2014.

Imagem de capa do item

Jack Nicholson

Que Jack Nicholson é um mito todo mundo sabe. O cara já deu vida a diversos personagens icônicos do cinema e foi indicado nada menos que 12 vezes ao prêmio da Academia, tendo ganhado 3 vezes.

Em 1989, Nicholson foi o Coringa no primeiro filme do Batman, dirigido por Tim Burton. O ator encarnou de forma tão marcante o Palhaço do Crime que muita gente diz que ele chega o ofuscar Michael Keaton, o intérprete do homem-morcego.

Nicholson tem duas estatuetas de Melhor Ator por Um Estranho no Ninho (1975) e Melhor é Impossível (1997) e uma de Melhor Ator Coadjuvante por Laços de Ternura (1983).

Imagem de capa do item

Anna Paquin

Anna Paquin se tornou conhecida pelo grande público ao interpretar Vampira nos filmes da franquia X-Men. Mas o que muita gente não sabe é que a atriz já era oscarizada muito antes de estrear como a mutante. Paquin se tornou *a segunda atriz mais jovem a levar o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante.

Ela tinha 11 quando recebeu o prêmio por sua atuação em O Piano, e protagonizou um dos momentos mais fofos da história da cerimônia do Oscar. Ao ouvir seu nome, a atriz tomou um susto e travou na hora dos agradecimentos, se recuperando algum tempo depois e fazendo um dos mais rápidos discursos da história.

Imagem de capa do item

Cate Blanchett

Cate Blanchett é uma das melhores atrizes de sua geração. Extremamente versátil, a atriz faz desde dramas com cineastas famosos, até filmes de fantasia, remakes da Disney, e claro, filme de super-herói. A vilã Hela, de Thor: Ragnarok, já foi diversas vezes indicada ao prêmio máximo da Academia, e possui 2 Oscars, uma estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante e uma de Melhor Atriz.

No filme O Aviador, de 2004, a atriz interpreta a lenda do cinema, Katherine Hepburn, e em Blue Jasmine, de 2013, Blanchett é uma mulher rica que perde todo o seu dinheiro e vai precisar morar na casa de sua irmã, que é muito mais humilde que ela. Aclamada por todos na época, é difícil achar um ser humano que questione a escolha da Academia naquela edição de 2014.

Imagem de capa do item

Heath Ledger

O ator Heath Ledger se tornou um ícone após sua atuação avassaladora como Coringa em O Cavaleiro das Trevas e foi o único a ganhar um Oscar pela atuação num filme de super-herói. Sim, Ledger venceu o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante pelo filme da DC mesmo após a sua morte.

Ledger morreu tragicamente antes do lançamento do filme, em 2008, e sua atuação foi tão amplamente elogiada que levou diversos prêmios póstumos, sendo hoje uma das mais marcantes performances do cinema Hollywoodiano.

Imagem de perfil
Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira