Capa da Publicação

10 vilões da Marvel que são melhores no cinema!

Por Gus Fiaux

Todo herói que se preze precisa de um vilão ameaçador que possa enfrentá-lo de igual para igual e atacar todas as suas fraquezas. Os quadrinhos nos deram exemplos excepcionais ao longo dos anos, e alguns deles foram passados com excelência para as telonas – especialmente alguns do Universo Marvel.

Em várias adaptações, sejam elas da Marvel Studios ou de outros estúdios, os antagonistas da Casa das Ideias ganharam uma reformulação. E embora alguns ainda se dividam em relação a qual versão é mais interessante, trouxemos aqui 10 vilões da Marvel que ficaram mais interessantes no cinema!

Créditos: Divulgação

Imagem de capa do item

Fantasma (Homem-Formiga e a Vespa)

Vilão original do Homem de Ferro, o Fantasma dos quadrinhos é uma figura misteriosa e assustadora, cuja intenção é acabar com todas as corporações que existem no mundo. Nos cinemas, ele acabou ganhando uma repaginada, e é uma personagem bem diferente.

Apresentada em Homem-Formiga e a Vespa, a Fantasma - alter-ego vilanesco de Ava Starr - pode não ser tão misteriosa quanto sua contraparte das HQs, mas é uma personagem que compensa por ter uma motivação muito boa e por ser uma figura bem mais humanizada. Cuidado com a Baba Yaga!

Imagem de capa do item

Dentes-de-Sabre (X-Men Origens: Wolverine)

O primeiro filme solo do mutante canadense é, de longe, considerado um dos piores longas do Universo dos X-Men. Ainda assim, há elementos bons que merecem destaque, e um deles é o Dentes-de-Sabre interpretado por Liev Schreiber, que é um vilão bem mais interessante que nas HQs.

A começar, a ligação sanguínea entre ele e o Wolverine é uma coisa que acrescentou mais dramaticidade à história do vilão. Além disso, seu visual mais sóbrio e sombrio ajuda a torná-lo mais ameaçador e violento, fugindo um pouco do traje carnavalesco que não põe medo em ninguém.

Imagem de capa do item

Ajax (Deadpool)

Outro vilão do Universo dos X-Men que apresenta melhorias significativas em relação à sua versão original é Ajax, o inimigo de Wade Wilson no primeiro filme do Deadpool. Por mais que ele não seja muito memorável, o vilão representa uma boa ameaça física para o Mercenário Tagarela.

Nos quadrinhos, o personagem tem até uma história interessante, mas necessita de um mecha para poder impor respeito. Tudo bem que Wade não respeita Ajax em momento algum, mas ao menos o personagem de Ed Skrein é mais empolgante e traz algumas cenas de ação bem envolventes.

Imagem de capa do item

Monge de Ferro (Homem de Ferro)

Por mais que não seja mais uma figura frequente nas histórias do Homem de Ferro, o magnata Obadiah Stane foi um dos inimigos mais vorazes do herói, destruindo o império do Vingador Dourado durante a fase do Demônio na Garrafa.

Ainda assim, sua versão cinematográfica, interpretada por Jeff Bridges, é um vilão mais icônico. Como primeiro inimigo de Tony Stark, ele consegue criar um plano quase infalível para destronar seu sócio, e ainda posa como uma grande ameaça ao vestir o traje colossal do Monge de Ferro.

Imagem de capa do item

Ego, o Planeta Vivo (Guardiões da Galáxia Vol. 2)

Ego, o Planeta Vivo é uma das figuras mais bizarras e inusitadas da Marvel nas HQs. No entanto, ele nunca serviu a nenhum grande propósito a não ser histórias menores. Ainda assim, em Guardiões da Galáxia Vol. 2 o personagem teve sua história razoavelmente modificada... e valeu a pena.

Aqui, conhecemos Ego como o pai de Peter Quill, nosso controverso Senhor das Estrelas. E, se a princípio ele parece alguém disposto a reencontrar seu filho, aos poucos seu plano vai se provando assustadoramente diabólico. É um vilão bem interessante, especialmente pela performance de Kurt Russell.

Imagem de capa do item

Doutor Octopus (Homem-Aranha 2)

Nos quadrinhos, não há dúvida de que o Doutor Octopus seja uma das maiores ameaças do Homem-Aranha. Ele inclusive foi o primeiro vilão a derrotar o Escalador de Paredes em conflito. No entanto, sua presença sempre foi motivo de riso por sua aparência e seus trejeitos caricatos.

Na versão de Alfred Molina, apresentada em Homem-Aranha 2, o personagem ganhou muito mais destaque por ser uma vítima das circunstâncias que o transformaram em um vilão. É um personagem com caráter trágico, e bem mais imponente que o caricato cientista louco das HQs.

Imagem de capa do item

Sentinelas (X-Men: Dias de um Futuro Esquecido)

Ainda falando de inimigos do rol dos X-Men, não podemos nos esquecer dos Sentinelas, que foram apresentados pela primeira vez - com destaque - em Dias de um Futuro Esquecido. E embora a versão original já represente um grande perigo para a equipe mutante, os filmes os tornaram ainda mais poderosos.

Os Sentinelas originais da década de 70 são basicamente o que já esperávamos deles. Contudo, os futuristas, que compartilham seus dons com o DNA da Mística, são bem assustadores, por conseguirem mimetizar e contra-atacar os golpes e poderes dos mutantes. Eles definitivamente deram trabalho.

Imagem de capa do item

Killmonger (Pantera Negra)

Embora Killmonger seja um dos grandes vilões do Pantera Negra nos quadrinhos, o personagem não tinha uma postura muito icônica. Ele era basicamente um mercenário que andava para cima e para baixo com um jaguar de estimação, enquanto atacava o Rei T'Challa.

Nos cinemas, o personagem sofreu algumas mudanças, tornando-se um inimigo contemporâneo à altura do herói. Sua história de origem é bem interessante, mas é justamente seu plano de reconquistar Wakanda e seu diálogo final que o tornam um inimigo tão poderoso e imponente.

Imagem de capa do item

Thanos (Vingadores: Guerra Infinita)

Muitos podem até duvidar do posto do Titã Louco nesta lista, já que sua contraparte dos quadrinhos é bem mais complexa de um ponto de vista trágico. Ainda assim, o vilão central de Vingadores: Guerra Infinita diferencia-se por ter um caráter mais intrigante nos cinemas.

Enquanto os quadrinhos apostam em uma jogada quase jungiana de colocá-lo como um amante da Morte, o cinema o transformou em um herói trágico, que tenta cumprir seu plano como uma forma de salvar o universo. E todo seu background familiar, especialmente envolvendo Gamora e Nebulosa, se torna bem mais importante no filme.

Imagem de capa do item

Abutre (Homem-Aranha: De Volta ao Lar)

Em primeiríssimo lugar, não podia ficar de fora o Abutre, que é um personagem que passou por uma mudança significativa. Se, nos quadrinhos, ele é um vilão caricato e que ninguém leva a sério, em De Volta ao Lar ele já chegou impondo respeito e causando pavor no Homem-Aranha.

Aqui, Adrian Toomes possui uma história de origem bem interessante, que está diretamente ligada ao primeiro filme d'Os Vingadores. Ele se mostra como uma ameaça física e intelectual ao Escalador de Paredes, e sua ligação emocional com Liz Allan o torna um personagem bem mais humano e real.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux