Capa da Publicação

10 ideias que os heróis tiveram e que deram muito errado!

Por Mike Sant'Anna

Dica do fã Gui_Fernandes69

Imagem de capa do item

Novos Guerreiros enfrentando Nitro

A ideia dos heróis inexperientes enfrentando um vilão tão perigoso quanto Nitro sem nenhum plano e nenhum preparo já é uma decisão errada por si só, porém fazer isso sem prestar atenção que do lado da batalha havia uma escola lotada de crianças, isso sim foi uma péssima ideia. Resultado, muitas crianças mortas pelo descuido de um grupo jovem de heróis, o que deu inicio ao Ato de Registro que culminou na Guerra Civil

Imagem de capa do item

Mandar Hulk pro espaço

Todos sabemos que de vez em quando o Hulk é um grande problema para os heróis, algumas vezes um problema catastrófico, quando por exemplo ele destruiu metade de Las Vegas e matou muitas pessoas no processo. E qual foi a ideia que os Illuminatis tiveram para resolver? Vamos mandar o Hulk pra fora da Terra, enganar Bruce Banner, colocar ele dentro de um foguete, e lançar ele no espaço pra bem longe.Não tem jeito de isso dar errado, não é?

Guerra Mundial do Hulk.

Imagem de capa do item

Quando o preparo deu errado

Batman é conhecido por sempre ter um plano pra quase qualquer situação. Na saga Torre de Babel, descobre-se que o herói tem um enorme arquivo de todas as forças e fraquezas de todos os seus aliados da Liga da Justiça. Se isso já não fosse considerado como traição como muitos consideraram, Ra's Al Ghul rouba esses arquivos e coordena um ataque sistemático à cada membro da Liga da Justiça explorando suas fraquezas.

Imagem de capa do item

Clonar Thor

Mais uma coisa que aconteceu em Guerra Civil. No meio de uma das batalhas na saga, nos deparamos com a chegada de Thor que até então estava sendo dado como morto. Acontece que aquele era um clone do asgardiano criado por Reed Richards, Tony Stark e Hank Pym. O clone não somente matou o herói Golias, como futuramente se transformou em um vilão que acreditava realmente ser Thor, chamado Ragnarok.

Imagem de capa do item

Flash salvar sua mãe

Pra quem acompanha a série da CW, sabe que os motivos do Flash querer voltar ao passado e impedir que sua mãe seja morta são motivos nobres, e o mesmo acontece nas HQ's. Porém nos quadrinhos ele salva sua mãe e isso causa um efeito borboleta muito grande, fazendo com que muita coisa se mude e a realidade criada no lugar seja algo muito pior. Uma realidade onde o Superman não existe como um herói, o Batman é na verdade o pai do Bruce, e o Bruce está morto, Mulher-Maravilha e Aquaman estão destruindo o mundo numa guerra de Atlantes contra Amazonas. Esses eventos são conhecidos como Flashpoint (Ponto de Ignição) e famosos por serem os eventos que causaram o reboot da DC criando os Novos 52.

Imagem de capa do item

Criação de Ultron

Tal qual no filme Vingadores: Era de Ultron, um cientista famoso dos quadrinhos resolve criar uma inteligência artificial muito poderosa, porém nos quadrinhos o responsável por isso é Hank Pym, o Homem-Formiga. Os motivos de Pym eram bons, criar uma inteligência artificial que ajudasse a proteger e cuidar do planeta. Acontece que essa inteligência artificial resolveu achar que a maior ameaça ao planeta éramos nós. E assim nasceu um dos maiores vilões da Marvel, Ultron.

Imagem de capa do item

Superman abandonar a humanidade

A saga Reino do Amanhã se passa muitos anos no futuro da DC e mostra um mundo um pouco caótico também repleto de super seres. Nesse futuro, Lois Lane e os pais de Clark estão mortos pelo simples fato de serem terráqueos e não envelhecer tão lentamente quanto o kryptoniano, e por conta disso ele resolve abandonar a humanidade e se isolar na Fortaleza da Solidão, achando que o mundo estava em boas mãos. Acontece que esse isolamento de Superman fez com que o mundo seguisse com super seres que não tinham o modelo do Superman para seguir, seguindo então Magog, alguém muito diferente do Superman, definindo nas próprias palavras de Magog, o herói que mata.

Imagem de capa do item

Confiar em Norman Osborn

Após os eventos de Invasão Secreta, muita coisa mudou, confianças foram quebradas e alguém viu uma oportunidade para ter um grande poder nas mãos, Norman Osborn, também conhecido como o Duende Verde algumas vezes. Norman simplesmente se tornou o líder dos Vingadores. Quem em sã consciência achou que isso seria uma boa ideia? É a mesma coisa que deixar Lex Luthor como líder da Liga da Justiça.

Imagem de capa do item

Matar Pietro

Na saga Dinastia M, Wanda cria um mundo onde mutantes são considerados realmente como a evolução humana, e nessa utopia, seu pai Magneto é o mais respeitado líder. Mas o problema é quando Magneto acha necessário matar seu próprio filho na frente da irmã que já não estava muito bem da cabeça. Isso fez com que Wanda em um surto de loucura usasse seus poderes com a famosa frase "Chega de Mutantes", o que fez com que 90% dos mutantes do mundo perdessem seus poderes.

Imagem de capa do item

Usar o filho como Robin

Eu acho que no topo das más ideias está o Batman. O personagem é conhecido por ser muito esperto, muito inteligente, uma das maiores mentes do mundo. Ele realmente não conseguiu pensar que usar o seu filho de 10 anos para lutar contra o crime seria uma má ideia? Mesmo que ele já estivesse acostumado e sido treinado pela Liga dos Assassinos, ainda era uma criança. Não deu outra, Batman deixou seu filho ser o Robin, e Damian acabou sendo morto.

Imagem de perfil
Mike Sant'Anna

Eu sou o melhor no que eu faço, mas o que eu faço... É bem retardado.