10 erros gigantescos de filmes futuros que o público já ignorou!

Capa da Publicação

10 erros gigantescos de filmes futuros que o público já ignorou!

Por Gus Fiaux

Lista traduzida e adaptada do WC.

Imagem de capa do item

Filmes de video games não funcionam (ou pelo menos 99% deles) - Warcraft

Os fãs de algum filme baseado em algum jogo eletrônico podem tentar argumentar, mas a realidade é que se você fizesse 100 vezes a mesma tentativa e só acertasse uma vez, largaria sabendo que é quase um erro certeiro prosseguir. E infelizmente, é o que acontece.

Apesar de um diretor e elenco talentoso, o filme provavelmente tem muitas chances de não se dar bem, falando a respeito da crítica.

Imagem de capa do item

Quem precisa de mais origens? - Batman v Superman: Dawn of Justice

Alguém ainda não sabe que os pais do Batman foram mortos e por isso ele iniciou sua jornada para se tornar o famoso vigilante?

Pois a Warner acha que existe. Resultado: teremos que testemunhar pela milésima terceira vez o sofrimento do jovem Bruce Wayne.

Imagem de capa do item

Trocar terror por ação - Monstros da Universal

Já vimos isso nos dois Motoqueiros Fantasmas, e aqui a situação aqui é infinitamente pior.

Ressuscitar clássicos do horror em filmes de aventura? Sério?

Imagem de capa do item

Fazer spin-offs da maneira errada - Esquadrão Suicida

Será que a Warner tem consciência de que seu universo baseado na DC Comics ainda nem está consolidado a ponto de lançarem uma aposta tão arriscada como essa?

"Ah, mas funcionou com Guardiões da Galáxia!" É, mas Guardiões é o DÉCIMO filme do Universo Cinematográfico da Marvel. Esquadrão será o TERCEIRO da DC. Para os não-informados, parecerá um spin-off raso como Mulher-Gato ou Supergirl.

Imagem de capa do item

Continuações - Avatar

Quando o assunto é dinheiro, os estúdios esquecem de um simples detalhe: não é todo filme que precisa de continuação. E Avatar definitivamente é um deles.

O que uma continuação poderia contar que não estragasse o original ou que este não tivesse contado?

Imagem de capa do item

O filme poderia se chamar Loki: Ragnarok - Thor: Ragnarok

Se tem uma coisa que vimos nos últimos dois filmes do Deus do Trovão é que Thor não tem peso para protagonista perto de Tom Hiddlestom e seu Loki. E é o que deve acontecer mais uma vez aqui. E esse não é o único problema: temos também a mudança de tom.

O primeiro filme trouxe uma aventura boa, mas não conseguiu se encontrar com um romance muito forçado e acabou ficando entre os piores da Fase 1. O segundo foi uma comédia com ação. Mas no terceiro, não há espaço para comédias ou romances, afinal, o Ragnarok é o fim de tudo que existe. Ou é um filme de ação decente ou pode ser o fim do Deus do Trovão e seus agregados na tela de cinema.

Imagem de capa do item

Não terminar a franquia no ápice - Toy Story 4

O terceiro filme foi uma das, se não a melhor, animações de todos os tempos. E será que um quarto filme conseguiria se manter no nível ou ser melhor? É um desafio gigantesco que esperamos que seja ultrapassado, mas que tem grandes chances de falhar.

Imagem de capa do item

Ser tão terrível - As Tartarugas Ninja 2

Filmes de verdade não são feitos apenas com efeitos visuais bonitos e principalmente não tem o dedo do Michael Bay.

Será que não aprenderam isso com o primeiro filme?

Imagem de capa do item

Híbridos - Jurassic World

Isso pode tanto ser a salvação quanto a destruição do filme: um conceito inicial do terceiro Jurassic Park previa híbridos de dinossauros e humanos. O conceito foi abandonado e o filme foi aquele que todos já vimos milhares de vezes na Sessão da Tarde.

Entretanto, o quarto filme da franquia trará novamente o conceito de híbridos, apesar de, no mundo real, ser algo abominável, eticamente falando. Pelo menos, será um híbrido entre espécies de dinossauros, e não um humanossauro. E convenhamos: quem seria imbecil a ponto de criar super-máquinas assassinas?

Imagem de capa do item

"Versus" - Batman v Superman (de novo), Capitão América - Guerra Civil

Apesar de se basearem em arcos consagrados das HQs, os dois filmes esquecem que, no passado, filmes com esse tipo de confronto entre mocinhos raramente funcionam. Ou entre bandidos. Quem não se lembra de Freddy vs Jason? Ou Alien vs Predador?

São filmes que trazem o pior de ambas as franquias e o resultado é pior ainda. E agora, teremos algo parecido no campo dos heróis. A questão aqui é tentar não fazer de algum dos heróis o vilão da história. Algo que, apesar de necessário, pode condenar um dos lados da franquia.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux