Capa da Publicação

10 coisas que podem acontecer ao final de Capitão América: Guerra Civil!

Por Gus Fiaux

A ideia da lista é expor as principais mudanças que a Guerra Civil pode trazer para o MCU, explicitando detalhes que podem acontecer (mas que não necessariamente irão) ao final ou depois do filme, e terão impacto grande em tudo que acontecerá nos próximos filmes, seja da Fase 3 ou depois.

Imagem de capa do item

A Morte do Sonho

Uma das teorias mais especuladas - e que rumores já indicam que acontecerá - é a morte do Capitão América, como também acontece em uma minissérie logo após a Guerra Civil. Nos quadrinhos, foi um dos momentos mais impactantes do Universo Marvel, e temos todos os motivos para crer que isso será repetido nos cinemas.

Aqui, a história pode usar a morte de seu protagonista para criar um maior peso dramático à história, desenvolvendo um clima maior de desconfiança e sobriedade que pode vir a ser seguido ao longo da Fase 3 do MCU.

Imagem de capa do item

Um novo Sentinela da Liberdade

Ainda que Steve Rogers possa morrer, o espírito do Capitão América sempre continuará vivo, e ele pode ser incorporado por dois heróis que já fizeram o mesmo nos quadrinhos: Bucky Barnes, o Soldado Invernal, ou Sam Wilson, o Falcão.

Esse novo Capitão América ficaria encarregado de lidar com o futuro dos Vingadores após a Guerra Civil, e poderia agir até a (inevitável) ressurreição de Steve Rogers.

Imagem de capa do item

Isolado

Outro rumor repetido inúmeras vezes é o isolamento do Visão no espaço após o final do filme. Isso, além de corroborar para dar uma impressão mais humana e filosófica para o personagem, pode ser de imensa importância no desenrolar do próximo filme dos Vingadores, a Guerra Infinita.

Supondo que o filme resolva adaptar Desafio Infinito, o Visão poderia acabar assumindo o papel exercido por Adam Warlock, tendo sua joia roubada e liderando um esquadrão de heróis contra o Titã Louco.

Imagem de capa do item

Aposentado... de novo

Em Homem de Ferro 3, Tony Stark retirou o reator ARC do peito e deixou de ser o Homem de Ferro... até que, em Vingadores: Era de Ultron, esquecemos desse detalhe e vemos o herói novamente em seus trajes tecnológicos enfrentando ameaças de escala global. Porém, essa seria uma bela hora para ver Tony largando a carreira de herói.

Supondo que Steve morra, Tony pode ficar abalado ou até mesmo ser incriminado injustamente pela morte do amigo, o que o faria deixar de ser o Homem de Ferro durante mais um tempo, até seu triunfal retorno em Vingadores: Guerra Infinita.

Imagem de capa do item

Assumindo o poder

Com Tony fora da jogada, esse seria o momento perfeito para algumas figuras de autoridade subirem ao poder, como bem poderia ser do feitio de Thunderbolt Ross e seus associados. Com os "acordos de Sokóvia" aceitos, ele passaria a coordenar toda a atividade heroica do mundo, deixando muitos heróis na clandestinidade.

Outra opção seria o personagem liderar um esquadrão próprio de Vingadores que se submeteram aos acordos, de modo similar ao que aconteceu durante o Reinado Sombrio nas HQs.

Imagem de capa do item

A Queda

Talvez, Guerra Civil sirva para definitivamente quebrar os laços que ligam os Vingadores no MCU. Com uma trajetória de colapso entre membros que sempre estiveram do mesmo lado, a batalha irá abrir feridas e criar inimizades, enquanto todos são manipulados por um mal maior.

Ao ver o maior herói do planeta tombar, é de se esperar que a Guerra acabe imediatamente, mas tudo mude definitivamente. Heróis divididos. E isso é algo que pode ser entendido por uma das taglines que promove o filme: "Divided we fall/Divididos nós cairemos".

Imagem de capa do item

Das cinzas...

Após uma divisão brusca na equipe, é óbvio que ela deverá se subdividir e dar espaço para a criação de novos grupos organizados de heróis. Nos quadrinhos, após a cisão dos Vingadores, foram criados os Novos e os Jovens Vingadores, e isso pode vir a se repetir aqui.

Com a Fase 3 entupida de novos heróis a ganharem filmes solo: Doutor Estranho, Capitã Marvel, Homem-Aranha e Pantera Negra, por exemplo (esses dois últimos inclusive presentes na própria Guerra Civil), é possível que um novo grupo de Vingadores seja formado, de modo que Thanos receberá uma equipe completamente diferente na Terra.

Imagem de capa do item

Mestres do Terror

O filme irá inserir um dos personagens mais aclamados da mitologia do Capitão América: o Barão Zemo, que foi responsável pela formação da mais formidável equipe de vilões dos Vingadores: os Mestres do Terror. Ainda que sua ameaça seja afastada ao longo do filme, sua presença definitivamente será sentida, e isso pode ajudar a criar uma equipe de vilões.

Esses Mestres do Terror do MCU poderiam, depois, ser resgatados por Thanos e colocados como peões contra os Maiores Heróis da Terra enquanto o Titã Louco prepara sua investida, de forma semelhante com o que era feito com a Ordem Negra de Thanos durante a saga Infinito.

Imagem de capa do item

Renasce um pesadelo

Johann Schmidt, o Caveira Vermelha, foi o primeiro grande vilão do Capitão América. Seu desaparecimento levantou questões a respeito da funcionalidade do Tesseract, e depois que descobrimos se tratar da Joia do Espaço, faz sentido imaginar que o personagem deve se sobressair no MCU uma vez mais... o que poderia ser feito com o retorno de Thanos.

Considerando que o personagem tem um papel fundamental no desenrolar das consequências da Guerra Civil, é de se esperar que vejamos seu retorno já nesse filme, seja através de uma cena pós-créditos ou em uma revelação imersa na própria trama.

Imagem de capa do item

O Titã põe as cartas na mesa

Se tudo dito aqui se confirmar de fato, Thanos pode se aproveitar do momento de fragilidade da Terra para trazer suas hostes contra os heróis. O vilão pegaria a todos de surpresa e com uma astúcia temerosa, de modo que a Guerra Civil seria o estopim para a chegada do Titã Louco.

Assim sendo, os próximos filmes da Fase 3 se passariam simultaneamente à Guerra Civil ou pucos meses depois, gerando um curto espaço de tempo, no qual os Vingadores não teriam condições de se reestruturar até o início da Guerra Infinita.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux