Capa da Publicação

10 Coisas mais importantes que descobrimos agora sobre Vingadores: Guerra Infinita!

Por Gus Fiaux

Vingadores: Guerra Infinita ainda está a algumas semanas até finalmente chegar às lojas brasileiras em DVD Blu-Ray. Ainda assim, o longa já foi disponibilizado em sua versão digital no mundo inteiro, e novidades estão sendo trazidas com isso, já que tivemos a revelação dos comentários dos diretores e da equipe de produção.

Isso nos fez ver a terceira aventura dos Heróis Mais Poderosos da Terra com outros olhos, principalmente no que diz respeito à forma como o filme foi feito e algumas das decisões narrativas. Assim sendo, aqui você pode relembrar as 10 maiores revelações que descobrimos recentemente sobre a Guerra Infinita!

Créditos: Walt Disney

Imagem de capa do item

Defendendo o indefensável

Se você viu o filme pelo menos uma vez, são grandes a chances de ter odiado o Senhor das Estrelas, e seu comportamento puramente impulsivo, que o faz atacar Thanos em um momento-chave, onde o Titã Louco poderia ter sido derrotado definitivamente. Contudo, tanto Joe quanto Anthony Russo não estão muito felizes com os fãs atacando o herói.

De acordo com eles, Peter Quill já passou por tanta tragédia e problemas em sua vida que ele se tornou um personagem puramente humano, e sua atitude é completamente compreensível, analisando de um ponto de vista empático. Por falar nisso, o próprio Joe Russo deixou claro: "Eu acho que é importante ter empatia na vida, assim como por esses personagens".

Imagem de capa do item

Mago (quase) Supremo

É seguro dizer que o filme explora, com bastante domínio, o nível máximo dos poderes de cada personagem apresentado até então. Thor, Homem de Ferro e até mesmo o Homem-Aranha nunca estiveram tão poderosos e habilidosos em cena. Mas ninguém roubou tanto a cena quanto o Doutor Estranho, nosso querido Mestre das Artes Místicas.

Segundo Joe Russo, o herói tem passado muito tempo recluso desde o fim de seu filme, estudando mais sobre a magia e sobre o misticismo que lhe dá forças. Assim sendo, ele se tornou "um dos personagens mais poderosos do Universo Marvel". É de dar inveja até no Hulk. E aliás, por falar em Bruce Banner...

Imagem de capa do item

O motivo pela ausência do Golias Esmeralda

Um dos elementos mais notáveis do filme é o fato de que Bruce Banner, após o primeiro confronto do Hulk contra o Thanos, não consegue mais se transformar no Golias Esmeralda. Isso levou muitos a crerem que o monstro simplesmente está com medo do Titã Louco... mas esse não é bem o caso.

Joe Russo deixou claro que o que está acontecendo é que o Hulk simplesmente "se cansou de bancar o herói para Bruce Banner". Ou seja, ele não quer mais ser a força bruta que resolve os problemas para o cientista. Dessa forma, o conflito envolvendo o herói é bem mais intimista e introspectivo, envolvendo suas duas "personalidades", e não o Titã Louco.

Imagem de capa do item

Justiça ao Sentinela da Liberdade!

Nós sabemos, desde antes do filme ser lançado, que os diretores traçaram um planejamento, de forma que quem apareceu pouco em Guerra Infinita, terá mais espaço para ação em Vingadores 4, e vice-versa. Contudo, uma figura deixou os fãs bem decepcionados por sua pequena participação: o Capitão América.

De acordo com Anthony Russo, o plano original era apresentar o herói ainda mais tardiamente no filme, de modo que sua participação fosse realmente pequena. No entanto, a Marvel Studios insistiu que o personagem aparecesse mais. No final, tivemos mais de Steve Rogers do que teríamos... mas esperamos vê-lo ainda mais na sequência.

Imagem de capa do item

Rivalidade cósmica

Uma informação que tem causado polêmica na internet diz respeito ao encontro do Homem de Ferro com o Thanos, onde o Titã Louco deixa claro que já conhecia Tony Stark há um bom tempo. De acordo com Joe Russo, o vilão sabe da existência do herói por conta da Batalha de Manhattan, em Os Vingadores, quando os Chitauri foram derrotados.

Ainda assim, o motivo da controvérsia foi a revelação do diretor de que o herói é a única figura que Thanos teme de fato. Muitos fãs não estão contentes com essa afirmação - ainda mais considerando a existência de pesos pesados como o Thor. Porém, ainda precisamos ficar de olho no futuro para saber o que isso significa.

Imagem de capa do item

O papel da Ordem Negra

Vilões muito importantes dos quadrinhos, a Ordem Negra realmente ficou mais de lado quando consideramos seu papel na Guerra Infinita. E de acordo com os diretores, o motivo foi que a equipe não podia, de maneira alguma, ofuscar a presença de Thanos no longa, já que ele é o vilão principal.

Ainda assim, tanto os Irmãos Russo quanto Stephen McFeely e Christopher Markus deram alguns detalhes sobre esses personagens. Sabemos que, assim como nas HQs, Próxima Meia-Noite e Corvus Glaive são casados, e o Fauce de Ébano foi inspirado pelo demônio Mefisto, em sua aparição na saga Desafio Infinito.

Imagem de capa do item

Avante!

Sabemos que os eventos de Capitão América: Guerra Civil continuam afetando de uma maneira bem incisiva o Universo Cinematográfico da Marvel. Ainda assim, as pistas já foram dadas para um reencontro entre o Capitão América e o Homem de Ferro, que logo precisarão se unir se quiserem deter a ameaça onipotente do Titã Louco.

De acordo com o roteirista Stephen McFeely, só ainda não tivemos o reencontro dos dois heróis em Guerra Infinita porque seria "complicado demais" de se inserir logo nesse filme. Ainda assim, Vingadores 4 virá com novas respostas. E vale lembrar que Tony Stark sabe como Steve Rogers estava ajudando a Feiticeira Escarlate e o Visão!

Imagem de capa do item

A dificuldade em se inserir as Joias do Infinito

Todos nós sabemos que as Joias do Infinito desempenham um papel muito importante aqui, já que a Guerra Infinita é basicamente sobre a jornada de Thanos conquistando, uma a uma, as relíquias cósmicas. Contudo, os roteiristas não gostam muito da ideia de serem seis joias. Para eles, isso toma tempo demais da história com MacGuffins.

Para quem não sabe, MacGuffin é um termo usado no cinema para determinar objetos que possuem grande importância para uma trama. Ainda assim, Stephen McFeely explica que os planos para a localização da Joia da Alma no planeta Vormir surgiram justamente para trazer uma surpresa para os fãs, já que nenhuma das teorias acertou o paradeiro da pedra.

Imagem de capa do item

Um Titã Louco muito mais grandiloquente

De muitas maneiras, Thanos é o verdadeiro protagonista do filme. É ele quem conduz a história, a partir de sua busca pelas seis Joias do Infinito, em prol de trazer o equilíbrio perfeito ao universo. Segundo Joe Russo, o personagem também seria o narrador do filme em uma versão inicial do roteiro, mas isso foi excluído pois deixava o longa complicado demais.

Por outro lado, o personagem passou por uma série de mudanças. Joe revelou que o fato do vilão perder sua armadura o torna basicamente um cruzado, e que as únicas pessoas que ele mata a sangue frio - Loki e Gamora, por exemplo - são obstáculos em seu caminho. Ah, ele também revelou que a família de Drax morreu da mesma forma que o povo de Gamora.

Imagem de capa do item

Morte Infinita

Por fim, temos um momento que ainda coloca lágrimas nos olhos dos fãs: o estalar de dedos de Thanos, que faz com que metade do universo se dissipe em poeira. Segundo Anthony Russo, as mortes foram escolhidas para trazer uma motivação e uma reação aos personagens que ficaram, como o Capitão América e a Okoye.

Além disso, a produtora Trinh Tran também deixou claro que o elenco realmente não sabia da morte de seus personagens até que a cena em questão foi gravada. Um pouco antes disso, eles se reuniram em círculo ao redor dos Irmãos Russo e tiveram seu destino revelado. Ou seja, foi realmente bastante chocante para alguns deles!

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux