Adão Negro: Saga antiga explica porque anti-herói e vilão da DC é tão perigoso

Capa da Publicação

Adão Negro: Saga antiga explica porque anti-herói e vilão da DC é tão perigoso

Por Junno Sena

Sendo um dos personagens mais temidos do Universo DC, Adão Negro é constantemente colocado para enfrentar heróis super poderosos, como Superman e Shazam. Utilizando seus poderes para proteger a sua nação, Kahndaq, o vilão e, às vezes, anti-herói já se provou capaz de criar o inferno na Terra.

Lançado em 2007, a saga 3ª Guerra Mundial colocou o Adão Negro contra a DC e, até mesmo o Caçador de Marte percebeu a grande ameaça que ele se tornou.

Escrita por Keith Champagne e John Ostrander e com ilustrações de Pat Olliffe e Tom Derenick, o quadrinho 3ª Guerra Mundial foi criado para explicar várias das mudanças que ocorreram na fase 52 da editora.

Mas, se revelou um bom espaço para desenvolver e provar o poder de Adão Negro. Para isso, os roteiristas decidiram colocá-lo no caminho da vingança após sua esposa Isis e seu irmão Osiris serem mortos. A perda transformou o personagem de vilão recorrente de Billy Baston para uma ameaça que custaria a vida de vários humanos e heróis.

Adão Negro em 3ª Guerra Mundial

Então, ele se torna tão mortal quanto um grande desastre natural. Causando tremores em todo o planeta e deixando um rastro de destruição e males por onde passa, os Jovens Titãs, a Liga da Justiça e a Sociedade da Justiça se juntam contra ele.

O leitor descobre, a partir da narrativa e análise de J’onn J’onzz, uma característica importante sobre os poderes de Adão: mesmo sua força podendo ser equiparada a outros personagens do Universo DC, nenhum deles é capaz de se comparar a sua ferocidade. Eventualmente, foi possível impedir a devastação criada por Adão, mas não sem muitas perdas no caminho.

A ferocidade de Adão nas telas de cinema

E, não é difícil entender o motivo de The Rock, Dwayne Johnson, ter sido escalado como o personagem. Famoso por seus filmes impossíveis, o ator se consagrou como uma entidade poderosa nos filmes de ação.

The Rock, Dwayne Johnson, como Adão Negro

Na sinopse oficial do filme solo do vilão é mencionado que ele irá liberar toda a forma bruta de justiça no mundo moderno. Nas palavras de Dwayne, o filme será disruptivo e irá contra a narrativa já conhecida dos filmes de super-herói. Suas palavras já são um indício do que poderemos ver na tela do cinema.

“O mundo precisava de um herói. Ao invés disso, me conseguiram”, Adão Negro.

Pensando nisso, já se pode esperar uma presença marcante de Adão Negro no cinema. Não apenas por sua imponência, mas também pelo sangue e vísceras da produção. Os recentes lançamentos de Esquadrão Suicida e as críticas ao redor de Peacemaker, além do teaser de Adão Negro, sugerem que o Universo Cinematográfico da DC não irá se segurar em relação a isso.

Adão Negro chega aos cinemas dia 28 de julho de 2022.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.