Capa da Publicação

Zack Snyder explica porque Liga da Justiça não foi lançado como série

Por Gabriel Mattos

O público pediu e a Warner atendeu: a Liga da Justiça de Zack Snyder está entre nós. O filme é dividido em seis capítulos, o que levantou questionamentos sobre o motivo do projeto não ter lançado como uma minissérie. O diretor resolveu se pronunciar.

Questões legais

Em entrevista ao Deadline, Snyder admitiu que considerou bastante alterar a natureza do projeto para o formato seriado, mas existiam entraves legais que fez com que reconsiderasse.

Quando o projeto foi encomendado, os contratos foram assinados para a produção de um longa metragem e entregar uma série dividida em vários episódios poderia deixar um precedente perigoso para a indústria.

“Francamente, começamos a discutir sobre dividir o filme em quatro partes, e se isso implica em uma série de TV, e portanto anularia todos os contratos. E eu fiquei tipo: ‘Caras, eu não quero me tornar…  isso tá parecendo que vai dar mais problema do que solução, e pode virar um desastre, então não vamos transformar esse filme em um precedente legal. Prefiro ficar com minha obra de quatro horas mesmo’.”

Zack Snyder considerou muitas ideias na hora de produzir o longa.

Questões estilísticas

Mesmo que o lançamento em formato seriado estivesse fora de questão, Snyder decidiu manter a divisão em capítulos para tornar uma experiência mais palatável de assistir de uma única vez.

A ideia original do diretor sempre incluiu eventualmente relançar Liga da Justiça nos cinemas e essa foi a solução para não cansar o público com uma história muito longa.

“Essa foi a maneira que eu fui criando o filme na minha cabeça do jeito mais fácil de se digerir. Tem tanta coisa rolando e eu simplesmente senti que apresentar capítulos conforme [a história] avança era a melhor maneira de absorver tudo isso.”

Capítulos foram a solução para destacar arco de personangens.

Mesmo com uma experiência linear em mente, Snyder concluiu que — devido ao lançamento direto no HBO Max — dividir o filme em capítulos menores traria diversas vantagens para o público.

“O plano sempre foi concluir como um grande filme, mas depois eu pensei ‘Ah, pode ser divertido dividi-lo [em partes].’ Mas as coisas foram complicando e todo mundo ficou nervoso com as implicações contratuais e tal. Eu disse ‘Quer saber? Tá legal. Deixa quatro horas, é um jeito incrível de assistir esse filme, e é tranquilo de pausar pra ir ao banheiro ou pegar pipoca ou o que quer que você tenha que fazer, porque você sabe em que capítulo voltar.”

Por fim, os seis capítulos acabam auxiliando o público a identificar os temas abordados e foi mais uma decisão acertada do diretor que pode impactar positivamente o resto da indústria.

Filme conta até mesmo com um prólogo.

Liga da Justiça de Zack Snyder está disponível para aluguel nas plataformas Google Play, Looke, Apple TV, Microsoft, Claro, PlayStation, Sky, Uol Play, Vivo Play, TmwPix WatchBr até o dia 7 de abril.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse