Capa da Publicação

Shang-Chi: Diretor sugere ligação com HQs na cena pós-créditos do filme

Por Leo Gravena

Atenção: Alerta de Spoilers!

Desde que Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis foi anunciado, os fãs teorizavam a possibilidade de Fin Fang Foom aparecer no novo filme da Marvel. Como descobrimos ao ver o longa, isso não aconteceu, mas não significa que o personagem e sua raça, os alienígenas Makluans, não podem aparecer em uma continuação. Pelo menos é o que a primeira cena pós-créditos do filme deixa a entender.

Na primeira cena pós-créditos de Shang-Chi, vemos o herói junto de Katy, Wong, Carol Danvers e Bruce Banner discutindo sobre a origem dos anéis, além de ser revelado que eles estão enviando uma mensagem para um local ainda desconhecido.

Em uma entrevista com o Entertainment Tonight, o diretor Destin Daniel Cretton, que comandou o novo filme da Marvel, foi perguntado sobre como a cena é bem misteriosa e não entrega nenhuma pista para o espectador sobre a origem dos anéis. Após o entrevistador pedir uma direção sobre a cena, Cretton sugeriu que a origem dos anéis não será tão diferente das HQs:

“Se você olhar nos quadrinhos, se você assistir a cena pós-créditos, não é… Você não precisa procurar muito para pelo menos apontar em uma direção. Definitivamente está lá” disse o diretor rindo.

Nos quadrinhos da Marvel, os Dez Anéis foram criados pelos Makluans e eram usados por Fin Fang Foom antes do Mandarim os roubar. Cada um deles possui um poder diferente e contém a alma de um poderoso guerreiro cósmico. Dessa forma, é bem possível que os alienígenas milenares apareçam em uma continuação, mas certamente eles terão um visual diferente das HQs, devido todos os problemas causados pelo vilão dos quadrinhos ser um dragão.

Fin Fang Foom, nas HQs, pertence a uma raça alienígena que criou os Dez Anéis.

O diretor também falou sobre a segunda cena pós-créditos, que mostra Xialing, a irmã do herói protagonista, assumindo a organização dos Dez Anéis e treinando um exército – uma decisão que certamente causará atrito com Shang-Chi.

“Eu sinto que essa família, como um todo, está tomando passos para se curar, mas também acho muito irrealista achar que tudo está bem agora. Eu acho que existe uma linha muito clara e emocional que a Xialing está lidando no nosso filme e que não é citado. E ela claramente merece tanta atenção quanto o Shang-Chi no contexto de sua família. Tem essa fala no meio do filme em que ela diz que o pai dela não deixaria ela comandar o império dele, então ela construiu o dela. Então, ver ela sentar naquele trono e redefinir o que é unicamente dela é muito animador. Eu acho que existem muitas formas de ver esse momento e provavelmente todos são certos”. 

O que achou das cenas pós-créditos e quais suas teorias? Não deixe de comentar!

Confira também algumas perguntas que o filme deixa em aberto para o futuro da Marvel:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."