Capa da Publicação

Equipe legal de Scarlett Johansson acusa Disney de misoginia e má conduta

Por Leo Gravena

A batalha legal entre Scarlett Johansson e a Disney chegou em um novo estagio e agora a equipe legal da atriz acusou a companhia de misoginia e sugeriu que ela possui coisas que quer esconder do público, com a equipe de Johansson divulgando uma declaração sobre a tentativa da Disney em “abafar” o caso.

Após a maneira bastante agressiva que a Disney lidou com a notícia do processo, acusando Johansson de não se importar com vítimas da Covid-19 e divulgar seu salário em uma tentativa de mudar a opinião da atriz após ela processar a empresa por quebra de contrato, a Disney apresentou uma moção para a corte de Los Angeles para forçar uma arbitragem com portas fechadas sobre o assunto em Nova York, com a moção essencialmente acusando Johansson de estar preparando o processo apenas pela visibilidade.

Em resposta (via ComicBook), John Berlinski, o advogado da atriz, disse:

“Após responder inicialmente à esse processo com um ataque misógino contra Scarlett Johansson, a Disney, agora, está previsivelmente tentando esconder sua má-conduta em uma arbitragem confidencial. Porque a Disney tem tanto medo de resolver esse processo em público? Porque ela sabe que a Marvel prometeu dar a Viúva Negra um lançamento típico nos cinemas ‘como seus outros filmes’, teve tudo a ver com a Disney não querendo canibalizar a bilheteria na tentativa de aumentar as inscrições no Disney+. Foi exatamente isso o que aconteceu e esperamos apresentar todas as evidências que provam isso”.

Scarlett Johansson como a Viúva Negra em Capitão América: Guerra Civil

A ação judicial de violação de contrato movida por Johansson é a primeira vez que uma estrela de Hollywood leva um grande estúdio ao tribunal desde que as empresas começaram a adotar os lançamentos simultâneos no cinema e no streaming. Recentemente, um rumor disse que a Disney teve uma resposta agressiva para com a atriz por que os executivos da companhia não receberam um aviso sobre o processo.

Já outros rumores apontam que Kevin Feige não gostou nada do posicionamento da Disney. A ação pode ter incentivado Emma Stone a também processar a empresa. Por outro lado, Dwayne Johnson não parece interessado em uma disputa judicial pelo lucro de seu longa, Jungle Cruise, recém-lançado no Disney+ pelo Premier Access.

Viúva Negra estará disponível gratuitamente aos assinantes do Disney+ a partir de 25 de agosto.

Relembre a jornada de Scarlett Johansson como Viúva Negra:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."