Presidente da Disney fala sobre acordos com atores em meio a processo judicial de Scarlett Johansson

Capa da Publicação

Presidente da Disney fala sobre acordos com atores em meio a processo judicial de Scarlett Johansson

Por Evandro Lira

Durante a pandemia de COVID-19, muitos filmes que antes fariam grandes estreias no cinema passaram a chegar até o público de uma maneira diferente. Em alguns casos, houveram lançamentos híbridos que mesclaram a estreia nos cinemas e em plataformas de streaming.

Essa solução, porém, não foi vista com bons olhos por alguns nomes da indústria, desde o diretor Christopher Nolan até Scarlett Johasson, atriz que estrelou o recente Viúva Negra da Marvel e que por consequência do lançamento híbrido, abriu um processo contra a Disney.

Durante a recente conferência trimestral da Disney com seus investidores, o CEO da empresa, Bob Chapek, abordou essa questão afirmando que que a empresa fez “centenas” de novos acordos com seus atores em decorrência das possibilidades da pandemia:

“Esses filmes foram realmente concebidos em uma época em que não sabíamos o que aconteceria com o comportamento do consumidor três ou quatro anos depois, e certamente não sabíamos sobre a COVID na época. Portanto, estamos lidando com um tipo de conjunto de condições diferente do que pensávamos. O que direi é que, assim como fizemos muitas vezes antes, à medida que o negócio evoluiu e se transformou, descobrimos maneiras de compensar de forma justa os nossos talentos, de modo que, independentemente do modelo de negócios com o qual tenhamos que entrar no mercado, todos se sintam satisfeitos. E eu direi que, desde que o COVID começou, firmamos centenas de acordos com os nossos astros, e, de um modo geral, eles têm corrido muito, muito bem. Portanto, esperamos que seja esse o caso daqui para frente.”

Não sabemos, é claro, quais contratos foram firmados e nem mesmo com quem eles foram feitos. Contudo, a notícia de que Emma Stone assinou um novo acordo com a Disney para retornar em Cruella 2 é uma indício de que o estúdio pode estar se entendendo com seus “talentos” e que situações como as de Scarlett Johansson não tornem a acontecer.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira