Mulher-Maravilha ou Pantera Negra: Qual dos dois fez a famosa saudação primeiro?

Capa da Publicação

Mulher-Maravilha ou Pantera Negra: Qual dos dois fez a famosa saudação primeiro?

Por Flávia Pedro

A Mulher-Maravilha e o Pantera Negra tem saudações semelhantes, ambos cruzando os braços em “X” diante de si mesmos. Com essa semelhança, uma dúvida surgiu: qual deles fez tal saudação primeiro? Esse gesto representa bem ambos os personagens, sendo um marco dos dois. Mas em relação a comparação, Diana está usando-o à um pouco mais de tempo (via CBR).

A saudação em Mulher-Maravilha

A Mulher-Maravilha realiza esse gesto icônico desde sua origem nos quadrinhos. Em All Star Comics #8 (de William Moulton Marston e HG Peter), as Amazonas possuíam braceletes que utilizavam como pequenos escudos para bloquear projéteis. Esses acessórios eram utilizados tanto em seus treinamentos quanto em combate, sendo símbolos das personagens.

Porém, mesmo que o padrão de desenho inicial não fosse o bloqueio das balas com os braços cruzados, Peter ocasionalmente desenhava a personagem nessa posição de defesa. Isso foi melhor representado na série de TV Mulher-Maravilha, de 1970.  Por lá, Lynda Carter aparece  com a pose clássica dos braços cruzados ao se defender alguns disparos. Após um tempo a pose se tornou recorrente na série, mesmo quando ela não estava em combate.

Quando George Perez reiniciou a história da Mulher-Maravilha com um novo quadrinho junto com Greg Potter, Len Wein e Bruce Patterson, a personagem passou por uma série de mudanças na heroína. O autor decidiu trabalhar não só apenas os mitos originais de Diana, mas também mesclar alguns utilizando elementos da série de TV, que se tornou referência sobre a personagem.

Mulher Maravilha nos quadrinhos

Assim, os braços cruzados da heroína deixaram de ser apenas uma pose defensiva e passaram a ser uma saudação específica para as Amazonas. Em ligação direta ao passado desse povo que se libertou de suas correntes, mas mantém suas pulseiras para não se esquecerem de seu passado.

Em 2017 foi adaptada pelo filme Mulher-Maravilha, mas novamente pareciam estar ligando a posição dos braços à ideia de uma pose de batalha.

A saudação em Pantera Negra

Em Pantera Negra a pose “Wakanda Forever” se tornou icônica, sendo um símbolo não apenas do personagem, mas de toda a nação fictícia da Marvel. Mas a pose em “X” surgiu apenas recentemente na história do herói.

De acordo com o saudoso Chadwick Boseman, o falecido interprete do Pantera Negra, os cineastas precisavam desenvolver uma saudação para o filme e foi assim que surgiu o gesto tão famoso:

“Estávamos fazendo a cena na sala do trono e Ryan [Coogler] veio até mim e disse basicamente, ‘Precisamos de alguma maneira para Dora Milaje, sua guarda, meio que saudar você’. E então estávamos falando sobre esse tipo de poses, que têm significados antigos. Então isso tem uma espécie de ligação com Faraó egípcio.”

Ryan Coogler, diretor do filme, também se pronunciou sobre o caso, explicando que tiraram referências dos faraós e das esculturas da África Ocidental. Outra referência ligada a saudação é o significado na Língua de Sinais Americana (ASL), que significa “abraço” ou “amor“. É a partir daí que conceberam a saudação de “Wakanda Forever“.

No que se refere aos quadrinhos, a saudação só foi trabalhada oficialmente em Black Panther #171 de 2018 (de Ta-Nehisi Coates, Leonard Kirk e Laura Martin).

Saudação nos quadrinhos de Pantera Negra

Mesmo a Mulher-Maravilha tendo realizado o gesto primeiro, há espaço criativo para que ambos os personagens utilizem essa saudação. E no fim, ambas representam valores parecidos, como força, orgulho, legado e poder!

Confira também:

(Arte da Capa: Luciano Vechio)
Imagem de perfil
sobre o autor Flávia Pedro

Historiadora formada pela UFF e apaixonada por cultura japonesa, animes, mangás, filmes... Criadora de conteúdo no instagram Anime Dicria, viciada em café e leitora de fanfics ruins nas horas vagas. Instagram: fllavia_pedro