Capa da Publicação

M. Night Shyamalan critica decisão da Warner em lançar filmes no streaming

Por Leo Gravena

A Warner surpreendeu a todos quando anunciou que vários de seus grandes lançamentos de 2020 e 2021, que tiveram suas estreias adiadas por causa da pandemia do Covid-19, seriam lançados simultaneamente nos cinemas e no HBO Max, seu novo serviço de streaming. Contudo, vários dos diretores e produtores desses filmes não foram consultados sobre a decisão, tendo sido avisados pouco tempo antes da informação ter ido à público.

Após a notícia, vários diretores, atores e produtores se pronunciaram contra a decisão, como Christopher Nolan e Denis Villeneuve. Agora, em uma entrevista com o Fandom, o diretor M. Night Shyamalan, responsável por filmes como Vidro, Fragmentado O Sexto Sentido, falou sobre a decisão da Warner, criticando a maneira como a empresa avisou os cineastas de sua decisão e dizendo que é preciso ter uma separação de onde o conteúdo deve ser visto. Ele disse:

“Eu não apoio isso nem um pouco. Nem um pouco. E especialmente sem falar com os cineastas. Ridículo. É obviamente [uma decisão] corporativa e eu me sinto mal pelos meus colegas que descobriram isso dessa forma e estão lidando com isso agora. 

 

Essa não é a resposta. Essa certamente não é a resposta e eu espero muito que todos iremos voltas aos cinemas em breve. Três, quatro, cinco meses, seja o quanto for. E ambos podem coexistir, temos que ter entretenimento de alto padrão em casa e quando sairmos de casa. Não há necessidade de canibalizar um pelo outro”. 

Um dos filmes mais recentes de Shyamalan foi “Vidro”

Após as diversas críticas, a Warner tem tentando controlar a situação, fazendo acordos com os atores, diretores e as produtoras dos filmes, com cada um sendo um caso específico e diferente.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."