Conversamos com o elenco de Loucos por Justiça, novo filme de Mads Mikkelsen

Capa da Publicação

Conversamos com o elenco de Loucos por Justiça, novo filme de Mads Mikkelsen

Por Gabriel Mattos

Loucos por Justiça é o novo filme dinamarquês de Mads Mikkelsen (Rogue One: Uma História Star Wars) que chegou nesta sexta, 6 de agosto, às plataformas digitais no Brasil. O longa mistura ação frenética com humor sombrio para discutir a existência de coincidência em um mundo onde tudo parece conectado. Em entrevista à Legião dos Heróis, Andrea Heick Gadeberg e Nikolaj Lie Kaas abrem o jogo sobre como foi gravar um projeto tão denso.

Escrita e dirigida pelo premiado Anders Thomas Jensen, a trama acompanha o processo de luto do militar Markus (Mikkelsen). Ao voltar para casa, ele descobre que sua esposa morreu em um acidente de metrô, presenciado por sua filha Mathilde (Andrea). Mas o pesquisador Otto (Nikolaj), outro sobrevivente do evento, lhe convence que isto não foi uma coincidência, o que projeta Markus em uma espiral de vingança.

Cada personagem tem o seu momento de destaque ao longo da narrativa, mas o luto de Markus e Mathilde é o que liga toda a ação. Em entrevista exclusiva, Andrea, que por trás das câmeras demonstra uma simpatia quase palpável, revelou que foi um desafio mergulhar no estado depressivo de sua personagem durante as filmagens. “Quando as câmeras desligavam, nós riamos muito e nos divertíamos bastante. Então foi muito difícil contracenar com estes atores que eram tão engraçados, tão esquisitos… Não sair do personagem era muito difícil pra mim,” lembra.

Mesmo estando no papel de co-protagonista pela primeira vez em sua carreira, Andrea conquistou o carinho e elogios de seus colegas de elenco. Especialmente de Nikolaj, que contracena com a atriz em momentos bastante tocantes. “Andrea é fantástica,” parabeniza o ator, “É incrível trabalhar com ela. Honestamente, ela nasceu para isso.”

Andrea e Nikolaj contracenam em Loucos por Justiça

Nikolaj interpreta Otto, um analista de dados socialmente instável que acredita firmemente que nada acontece por acaso. Seu algoritmo para provar que existem relação em fatos aparentemente acidentais é vital para a trama. “Eu amo o fato de que ele é um herói, mesmo sendo um perdedor,” confessa, “Ele está tentando lidar com a vida. Ele achou seu próprio jeito de encarar seus problemas. Ele tem muita coisa que não conseguiu tirar do sistema e esse é o jeito que ele achou para sobreviver.”

Não sabemos exatamente o que mexeu tanto com Otto no passado por boa parte do filme, mas devido ao olhar otimista do personagem, o momento de revelação se torna ainda mais impactante. Para isto funcionar, Nikolaj conta que precisou mudar a construção do personagem junto do diretor. “O diretor achava que ele deveria estar muito deprimido mesmo, muito para baixo, muito sombrio, por causa do seu passado, por ter perdido tanto. Portanto, ele seria um tanto suicida. Mas eu pensei ‘Não é assim que a vida funciona’,” revela.

Otto, personagem de Nikolaj Lie Kaas, em Loucos por Justiça

O ator encontrou uma maneira mais interessante de canalizar os sentimentos de Otto de uma maneira delicada e sutil.  “Nós sempre negamos. Estamos em negação constantemente na vida para sobreviver,” reflete, “Então eu decidi fazer o Otto ser extremamente otimista, extremamente feliz e exagerado. Ele não consegue encarar [a realidade]. Para enfrentar a vida sem desmoronar, ele precisa fingir que tá tudo ótimo para não colapsar constantemente.”

Mathilde, por outro lado, escolhe encarar seus dramas de frente, o que exigiu uma dedicação absurda de Andrea, que nunca viveu pessoalmente uma situação tão extrema. “Eu cheguei a pedir para minha mãe escrever uma carta para mim, como se ela tivesse se despedindo. Eu lia cinco minutos antes de entrar no set. Então eu ficava bem emocionada,” comenta a atriz, “Gravei uns duzentos vídeos chorando para alcançar o choro perfeito.”

Para entender melhor sua personagem e sua relação com Markus, personagem de Mads Mikkelsen, ela contou com a colaboração do próprio ator e de um coach de atuação. “Falamos sobre as pequenas coisas que não aparecem nas telas, para construir a personagem como no The Sims,” diz, “Conversei com o Mads sobre ela, ele trouxe ideias, eu trouxe ideias. Ele foi muito doce comigo, franco e ajudou bastante.”

Mas engana-se quem pensa que contracenar com Mads foi uma tarefa fácil. A natureza bruta de seu personagem foi um fator muito intimidador em algumas cenas “Mads estava interpretando esta muralha [emocional] que eu simplesmente não conseguia invadir. Então eu precisava me ater aos meus sentimentos, porque ele não me entregava muito [com o que trabalhar].”

Andrea Heick Gadeberg contracenou com Mads Mikkelsen

Curiosamente, uma das cenas mais poderosas de Mathilde, no filme, foi com o personagem de Nikolaj. A dupla constrói um certo vínculo de confiança ao longo da trama e neste momento, quando suas experiências se confrontam, Otto tenta ajudar o processo de luto da jovem usando suas teorias sobre coincidência e correlação.

Este conflito ideológico, que é introduzido na primeiríssima cena do longa, perdura até o final e desperta reações bem diferentes nos atores. “Eu acho que tudo acontece por um motivo. Porque se não for assim, eu não conseguiria levantar de manhã. Precisa haver um significado em tudo isso, em tudo que está acontecendo no mundo agora,” defende Andrea.

Nikolaj, por outro lado, se recusa a acreditar no destino. “Pensar que as coisas acontecem por caminhos que não podem ser evitados, por sermos quem somos, é muito cômodo,” avalia, “Eu venho de um lar muito religioso, mas não acredito nesta visão hoje em dia. Ou talvez nunca tenha acreditado.”

Para quem já se perguntou, como Nikolaj e Andrea, se há uma explicação maior para acontecimentos injustos da vida, Loucos por Justiça pode ser um filme bastante esclarecedor. Quem só está procurando um fantástico filme de ação, também não irá se decepcionar.

Loucos por Justiça está disponível para compra e aluguel na Claro Now, Vivo Play, Sky Play, iTunes/Apple Tv, Google Play e YouTube Filmes.

Conheça também outros filmes de ação que prometem este ano:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse