Jennifer Lawrence conta como quase morreu em um acidente de avião

Capa da Publicação

Jennifer Lawrence conta como quase morreu em um acidente de avião

Por Gus Fiaux

Uma das atrizes mais prestigiadas da atualidade, Jennifer Lawrence já passou por sagas de grande sucesso, como os filmes de X-Men Jogos Vorazes, mas também trabalhou com grandes cineastas em projetos mais artísticos, que nem Inverno da Alma Mãe!. Contudo, a atriz agora relembra um dos momentos mais traumatizantes de sua vida, quando quase perdeu a vida em um acidente aéreo.

A atriz recentemente conversou com a Vanity Fair e comentou a experiência que teve em 2017, pouco depois de ter finalizado as gravações de Mãe!, filme dirigido por Darren Aronofsky e lançado no mesmo ano. A atriz precisava viajar de seu estado natal, Kentucky, até a cidade de Nova York, e acabou indo em um avião particular junto de sua equipe e de seu cachorrinho, Pippi.

O problema começou quando houve um grande estrondo e uma súbita queda na pressão da nave. Nesse momento, a atriz foi informada pela equipe de bordo que um dos motores do avião havia falhado e que era necessário fazer um pouso emergencial. A atriz então disse que havia esperanças para o pouso, mas que ela começou a se desesperar ao ouvir o barulho parar completamente:

“O meu esqueleto foi a única coisa que sobrou no assento. Nós íamos todos morrer. Eu comecei a deixar pequenos recados mentais para a minha família, tipo, ‘eu tive uma boa vida, sinto muito’. Eu me sentia culpada. Todo mundo ia ficar triste. E, meu deus, Pippi estava no meu colo, o que era a pior coisa. Ter essa coisinha que não pediu para fazer parte de nada disso.”

Contudo, o pouso emergencial foi bem sucedido, na cidade de Buffalo em Nova York. Ela conta que ao sobrevoar perto do local, viu um amontoado de caminhões dos bombeiros e veículos de emergência, prontos para tomar as medidas necessárias para que a tripulação da nave fosse salva sem acidentes graves.

Acidente aconteceu pouco depois das filmagens de Mãe!

A atriz também se lembra de ter começado a rezar quando se aproximou da pista de pouso, e inclusive fez uma piada lembrando dos momentos de tensão e pavor:

“[Eu comecei a rezar], não para o Deus com o qual eu cresci, porque ele era aterrorizante e muito julgador. Mas eu pensei: ‘Ai meu deus, será que vamos sobreviver a isso? Eu serei uma vítima de queimadura, vai ser bem doloroso, mas talvez eu sobreviva. Por favor, senhor Jesus, me deixe só ficar com meu cabelo. Me embrulhe nos seus braços protetores de cabelos. Por favor, não me deixa ficar careca’.”

O pouso não foi suave, e a nave acabou tendo muitas avarias ao arrastar no chão da pista de pouso, mas felizmente nenhum tripulante ou piloto se feriu. Jennifer Lawrence conta que saiu aliviada, mas que ficou aterrorizada porque teria que pegar outro avião logo em seguida para chegar a Nova York. “Isso me deixou muito fraca. Voar é algo assustador e eu tenho que fazer isso o tempo todo”, finalizou a atriz.

Abaixo, veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux